opções binárias trade curso de opções binarias forum trading forex grande demo on line de opções binarias how to invest in olymp trade indicadores de preco opções binárias revelando opcoes binarias matriculas abertas como fazer day trade folha uol invest simulador segredos para operar olymp trade top 10 estrategias opções binárias vcs separam conta para investimento e conta para trade swing trade são quantos dias de operação da para ganhar dinheiro realmente em opçoes binarias yahoo forex trading affiliate programs curso opções binária quando entrar em uma operação day trade operar day trade em mercado de futuro
Home NotíciasPolicia Adolescente que matou a mãe disse que não teve intenção de cometer crime

Adolescente que matou a mãe disse que não teve intenção de cometer crime

Por Alagoas Brasil Noticias

Jovem foi levada para o Code, onde prestou depoimento

Em depoimento ao delegado Antônio Henrique logo após o crime, a adolescente G.M.A.M., de 17 anos, que matou a mãe com uma facada no pescoço, disse que não tinha a intenção de tirar a vida da vítima. O caso aconteceu na tarde de quinta-feira (19), no bairro do Jacintinho, em Maceió. 

Segundo o delegado, a jovem pegou a arma branca num momento mais acalorado da briga entre as duas. Elas discutiam em razão dos valores da conta de energia elétrica, que estariam vindo muito altos. A genitora, Maria do Rosário Almeida, de 46 anos, teria reclamado que a filha utilizaria o computador de maneira excessiva.

“Elas estavam brigando quando a mãe gritou ‘pega a faca, pega a faca’. A menina pegou a faca e na hora do entrevero das duas deu uma facada e acertou o rosto e o pescoço”, diz. “Ela me disse que não queria matar a mãe, mas assumiu o risco ao dar uma facada no rosto, perto do pescoço”.

A adolescente, porém, parece não ter demonstrado, durante o depoimento, arrependimento quanto ao crime. “Foi a última pergunta que fiz para ela, se estava arrependida. Ela nem olhou pra mim. Pedi para levantar a cabeça e não vi cair uma lágrima”, aponta o delegado Antônio Henrique.

O namorado de G.M.A.M., que havia sido detido após o homicídio, foi liberado nesta sexta-feira (20). Gustavo Alexandre da Silva, de 18 anos, estava no momento do fato e, num primeiro momento, chegou a admitir que teria cometido o assassinato sozinho. Já a jovem disse, desde o início, que apenas ela era a responsável.

O delegado explica que a polícia descartou a participação.  “Inquiri algumas pessoas antes de conversar com ele. Conversei com o marido da vítima, que disse que o rapaz chamou três vezes para apartar a briga. A tendência é que quem chama para apartar uma briga não tenha feito nada. Ele também nunca tinha sido agressivo”.

A cumplicidade no crime foi desconsiderada de vez após a oitiva Luciene da Silva, mãe de Gustavo. “A mãe chegou na delegacia e não deixei que eles tivessem contato. Fui ouvi-la antes e ela me repetiu a mesma coisa que a menina havia dito”, conta. “Depois ele admitiu que estava fazendo isso para livrar a namorada”, acrescenta. 

Gustavo e G.M.A.M. moravam na mesma casa com Maria do Rosário e o marido dela. Por isso, a adolescente será enquadrada, inicialmente, por feminicídio. “Fiz a interpretação literal. Pode ser que depois o delegado do caso troque para homicídio por motivo fútil, a questão da energia elétrica. Enquadrei no inciso I, que fala sobre o crime envolver violência doméstica ou familiar”.

O crime 

De acordo com o Sargente R. Marques, da Ronda no Bairro, militares estavam em patrulhamento pelo Jacintinho quando a equipe do Mini Pronto-Socorro João Fireman solicitou apoio. Ao chegarem na unidade hospitalar, o homicídio foi constatado e a menor foi apreendida. 

Ainda segundo a polícia, Maria do Rosário recebeu quatro golpes de arma branca, todos no lado esquerdo do pescoço. O objeto utilizado foi apreendido. A adolescente e Gustavo foram encaminhados à Delegacia de Homicídios da Capital.

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário