opcoes binarias entrar como começar a operar day trade estrategia em opçoes binarias forex trading metatrader 5 forex proprietary trading firms brazil curso aprender como automatizar opções binárias metatrader 4 forex trading platforms australia 60 minutes opçoes binarias corretoras de opçoes binarias confiaveis brasil trade investimentos logo investi em opçoes opções binárias indicador soros atualizado price action 2019 o que é taxa de liquidação nas operações day trade opções binárias gráficos sucesso com opções binárias free forex trading platform melhor indicador de tendencia de mercado opçoes binarias
Home Municípios Palmeirense disputará Mundial da Rússia de handball de areia

Palmeirense disputará Mundial da Rússia de handball de areia

Por Alagoas Brasil Noticias

Incentivar a educação e o esporte para a promoção de um futuro melhor para crianças e jovens de Palmeira dos Índios. É com este pensamento que o Governo de Palmeira apoia e patrocina modalidades esportivas, sempre com o intuito de que a educação e o esporte muda a vida de muitas pessoas. E foi assim que aconteceu com Milena Barros. Alagoana de Palmeira dos Índios, ela leva o nome da cidade para os lugares mais distantes do mundo. Milena está em Kazan, para o Mundial da Rússia, onde vai defender a Seleção Brasileira de Beach Handball, o handebol de areia. O primeiro jogo já é nesta terça-feira (24) contra as “donas da casa”.

Mas para Milena nada foi fácil. Começou a jogar o Handball de quadra com apenas 14 anos, em Palmeira, e defendeu algumas seleções alagoanas. Como o handebol de areia não existe em Alagoas, ela teve que viajar para outros estados, como Recife, São Paulo e Rio para jogar a modalidade. Ela ainda voltou ao estado para concluir o curso de fisioterapia, mas foi em 2016 que viu a sorte mudar, quando foi convocada, pela primeira vez, para fazer parte da Seleção Brasileira de Beach Handball. “Mas na hora de ir para o Mundial da Hungria, fui cortada. Fiquei muito triste, mas vi que estava no caminho certo, pois a convocação já me motivou muito. Mesmo com todas as dificuldades, longe de casa e da minha família, eu não pensava em desistir do meu sonho. No ano passado, fui mais uma vez convocada e fomos campeãs do Word Games, na Polônia. Apesar de o handebol de areia não ser tão conhecido quanto o de quadra, somos três vezes campeãs mundiais, o masculino é tetracampeão e o Brasil é o primeiro colocado no ranking nessa modalidade”, disse Milena Barros.

Este ano, Milena foi mais uma vez convocada pela Seleção Brasileira de Beach Handball para o Mundial da Rússia, mas quase viu o sonho ser destruído. Desta vez sem patrocínio, as jogadoras tiveram que buscar apoio em diferentes lugares e foi quando a atleta decidiu procurar o prefeito Júlio Cezar, em Palmeira. “E graças a Deus o resultado foi positivo. Quero agradecer muito ao prefeito Júlio Cezar, por tornar tudo isso possível, pois se não fosse este apoio e patrocínio, eu não poderia representar o nosso país e Palmeira dos Índios no Mundial da Rússia. O esporte mudou muito a minha vida. Ele me motiva a ser uma pessoa melhor, em relação a tudo. E por causa disso, mesmo com as dificuldades, nunca desisti. Sou a única alagoana na seleção e espero que possamos trazer mais um título para o nosso país, e, claro, para Palmeira dos Índios. Torçam pela nossa seleção e, mais uma vez, obrigada à Prefeitura de Palmeira por tornar o meu sonho possível”, ressaltou Milena Barros.

Feliz em poder realizar o sonho de Milena Barros, o prefeito Júlio Cezar destacou que a educação e o esporte podem levar uma pessoa a lugares inimagináveis. “Sem educação uma pessoa não chega a lugar nenhum e com o esporte também é assim. E quando uma pessoa pode fazer como a Milena, que aliou o esporte à educação, as vitórias logo chegarão. Não é todos os dias que temos uma atleta do nível da Milena, que saiu de Palmeira em busca de seus sonhos, disputando mundiais fora do nosso país. A prefeitura não poderia deixar de dar apoio e patrocínio para um momento tão especial e único, na carreira dela”, afirmou o prefeito.

E continuou. “Ela não poderia deixar de viajar para Rússia e levar o nome de Palmeira e do Brasil para lá por falta de patrocínio. Apoiamos e esperamos que ela brilhe por lá e volte com bons resultados para todos nós. Desejamos boa sorte à Milena e que a Seleção Brasileira de Beach Handball traga mais um título para o nosso país. que Deus abençoe a todas e que continuem trilhando e brilhando pelo caminho que foi destinado a cada uma delas”, completou o prefeito Júlio Cezar.

Fonte: Todo Segundos

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário