Home Mundo Trump diz que está disposto a se encontrar com o presidente do Irã

Trump diz que está disposto a se encontrar com o presidente do Irã

Por Alagoas Brasil Noticias

Na semana passada, Trump e Rohani trocaram ameaças. O líder iraniano advertiu Washington a “não brincar com fogo”, o que poderia causar a ‘mãe de todas as guerras’, e, em resposta, Trump tuitou: “Nunca mais volte a ameaçar os Estados Unidos ou sofrerá consequências como as que poucos sofreram antes na história”.

Relações tensas

Em maio, Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclearmultilateral de 2015, firmado pelo seu antecessor, Barack Obama, em uma das mais contundentes decisões de sua política externa desde o início do seu mandato. O acordo previa que o Irã se comprometeria a limitar suas atividades nucleares em troca do alívio em sanções internacionais.

O presidente americano, que acusou o Irã de ser “o principal Estado patrocinador do terrorismo”, afirmou que o país trapaceava o acordo para desenvolver seu programa nuclear e voltou a impor sanções a Teerã.

As novas sanções, que entrarão em vigor em agosto, tentam atingir os programas de mísseis balísticos e influência regional do Irã – ameaçando prejudicar ainda mais a já maltratada economia iraniana.

Na semana passada, Trump e Rohani trocaram ameaças. O líder iraniano advertiu Washington a “não brincar com fogo”, o que poderia causar a ‘mãe de todas as guerras’, e, em resposta, Trump tuitou: “Nunca mais volte a ameaçar os Estados Unidos ou sofrerá consequências como as que poucos sofreram antes na história”.

Relações tensas

Em maio, Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclearmultilateral de 2015, firmado pelo seu antecessor, Barack Obama, em uma das mais contundentes decisões de sua política externa desde o início do seu mandato. O acordo previa que o Irã se comprometeria a limitar suas atividades nucleares em troca do alívio em sanções internacionais.

O presidente americano, que acusou o Irã de ser “o principal Estado patrocinador do terrorismo”, afirmou que o país trapaceava o acordo para desenvolver seu programa nuclear e voltou a impor sanções a Teerã.

As novas sanções, que entrarão em vigor em agosto, tentam atingir os programas de mísseis balísticos e influência regional do Irã – ameaçando prejudicar ainda mais a já maltratada economia iraniana.

Fonte: G1 Mundo

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário