Home Municípios Família acusa médica de errar diagnóstico e confundir traumatismo craniano com embriaguez

Família acusa médica de errar diagnóstico e confundir traumatismo craniano com embriaguez

Por Alagoas Brasil Noticias

Após a família do paciente José Welligton Tomé da Silva ter denunciado erro médico no diagnóstico do paciente, a Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira dos Índios emitiu uma nota nesta segunda-feira (13) afirmando que designou uma Comissão Permanente de Acompanhamento para apurar o fato. Segundo a família, a médica confundiu traumatismo com embriaguez.

Ainda conforme familiares, no sábado (11), José Welligton sofreu um acidente e foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento de Palmeira dos Índios.

Ao chegar no local, após a avaliação médica, a família foi informada que o caso não era um trauma, mas sim um caso clínico. Além disto, informaram que Welligton estava embriagado e descordado devido ao uso do álcool.

O paciente não estava melhorando e a família  questionou várias vezes os médicos, mas as respostas eram as mesmas. Após 15 horas, o paciente foi transferido para o Hospital Regional Santa Rita, onde a família foi informada que ele estava com Traumatismo Craniano, com sete costelas fraturadas e um dos pulmões perfurado.

Além disto,  a vitima apresentava ainda hemorragia dentro do tórax ao qual não foi tratada com urgência na UPA de Palmeira dos Índios.

Em nota, a SMS de Palmeira dos Índios informou que tomou conhecimento do fato ocorrido com o paciente José Wellington Tomé da Silva e que a  Comissão está reunida nesta segunda na Unidade de Pronto Atendimento de Palmeira dos Índios para tratar do assunto e exigir as medidas cabíveis do Instituto Diva Alves do Brasil (IDAB).

Ainda em nota, a secretaria comunicou que o IDAB por sua vez, afirmou que já foi instaurada sindicância interna e tomará as providências. A secretária Kátia Born informou que acompanha atentamente o caso e pede celeridade na conclusão do relatório geral que dirá o que houve de fato.

Fonte: Cada Minuto

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário