Home NotíciasEsportes Para Cereto, Carille está com um pé no Corinthians: “A tendência é que seja anunciado na segunda”

Para Cereto, Carille está com um pé no Corinthians: “A tendência é que seja anunciado na segunda”

Por ABN - ALAGOAS BRASIL NOTICIAS

A iminente volta de Fábio Carille ao Corinthians foi um dos temas centrais do “Redação Sportv” desta quarta-feira, e Carlos Cereto tratou a negociação como bastante avançada. Os participantes do programa, porém, não deixaram de falar do constrangimento causado nos últimos dias, quando atletas, ainda sob o comando de Jair Ventura, têm sido perguntados sobre Carille.

– Já aconteceu (a conversa entre Corinthians e Carille), a negociação está praticamente fechada. Digo mais para você: o Jair Ventura já foi comunicado pelo Corinthians que não será o técnico para a próxima temporada, o que diminui o constrangimento. A situação estava absolutamente constrangendora. Estava deselegante. Deram entrevistas Cássio e Fágner, e eles foram perguntados sobre Fábio Carille. Só que o técnico ainda é o Jair Ventura. Causa uma saia-justa – afirmou Cereto.

Cereto ainda revelou que o anúncio deve ser feito segunda-feira, um dia após o final do Brasileirão.

O jornalista, apesar de tratar a negociação como praticamente sacramentada, fez uma ressalva de que o dono do Al-Wehda pode impedir a consolidação do retorno de Carille ao Corinthians.

– O Corinthians está tomando cuidado, cheio de dedos e pisando em ovos em relação a anunciar essa contratação por que o campeonato ainda não acabou e o Jair Ventura ainda é o técnico. Segundo: por que a contratação não é oficial. E terceiro e o mais importante: o xeique pode melar essa contratação. Não é simplesmente chegar e bancar R$ 2,7 milhões de multa. Lá o buraco é mais embaixo, sobretudo um contrato no começo, não vai ser tão fácil. Corinthians quer que o Carille consiga essa liberação.

Marcelo Barreto, após exibir entrevista de Cássio falando sobre a situação, perguntou a Renata Mendonça, do site Dibradoras, e ao narrador Milton Leite sobre o que achavam da abordagem do tema mesmo com Jair Ventura ainda no comando corintiano.

– Jair já não é plano do Corinthians pelo rendimento. Não é por causa do Carille que o Corinthians abre mão. É pelos 33% de aproveitamento. Acho que essa busca de novo do Corinthians pelo Carille com esse pagamento de multa mostra a falha de administração do Corinthians nesse ano. Quando o Carille saiu, ele deixou meio claro que havia uma rusga. Ele não estava satisfeito porque já via uma movimentação de venda de jogadores, o que aconteceu. E ficou a bomba para o Osmar Loss e para o Jair Ventura.

Tal rusga, segundo Milton Leite, aconteceu entre Fábio Carille e Andrés Sanchez, mas esta foi equacionada após viagem do presidente corintiano à Europa.

Fonte: Globo Esporte

PUBLICIDADE

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário