Home NotíciasPolicia Pai e filho suspeitos de pistolagem no Sertão morrem em confronto com a Polícia

Pai e filho suspeitos de pistolagem no Sertão morrem em confronto com a Polícia

Por Alagoas Brasil Noticias

A secretaria de Segurança de Sergipe (SSP-SE) confirmou neste sábado (1) que dois alagoanos, pai e filho, suspeitos de vários crimes nos estados de Alagoas, Sergipe e Pernambuco, morreram durante troca de tiros com a polícia. 

De acordo com a SSP-SE, Adeildo Porfírio da Silva, de 62 anos, conhecido como “Del de Porfírio”, e Carlos Daniel Ferreira da Silva, o “Carlinhos”, de 26 anos, estavam morando na divisa de Sergipe com o Estado da Bahia, na cidade de Canindé de São Fracisco, quando foram cercados por policiais civis da cidade e também de Poço Redondo.

Segundo um dos delegados que participaram da ação, Fábio Santana, quatro mandados foram expedidos pela justiça de Pernambuco e Alagoas, contra pai e filho. “Eles eram acusados de diversos homicídios, assim como há indícios da participação de ambos em crimes na região onde estavam residindo”, explicou o delegado.

“Durante o cumprimento dos mandados, os policiais foram recebidos por disparos de espingardas, calibres 28 e 36, no povoado Pelado, em Canindé. Então, iniciou-se um confronto e os suspeitos foram atingidos e levados ao hospital local, mas não resistiram aos ferimentos. As armas, munições e cartuchos foram apreendidos”, acrescentou ainda Fábio Santana.

Um dos crimes nos quais os suspeitos estão envolvidos é o da morte do outro filho de Adeildo, Genivaldo Porfírio da Silva, 21 anos, irmão de Carlos Daniel. O fato aconteceu em setembro de 2016, em um bar na Zona Rural de Itaíba, no Distrito de Negras, em Pernambuco. O motivo da discussão entre familiares teria sido uma motocicleta. 

Fonte: TNH1 com SSP-SE 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário