Home NotíciasPolitica Eduardo Bolsonaro passa vergonha nos EUA ao dizer que Brasil nunca mais será socialista; já foi algum dia?

Eduardo Bolsonaro passa vergonha nos EUA ao dizer que Brasil nunca mais será socialista; já foi algum dia?

Por Alagoas Brasil Noticias

Em viagem aos Estados Unidos, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL -SP), filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que o Brasil nunca mais será “um país socialista”. A declaração foi dada na noite desta sexta-feira (30) em entrevista ao jornalista Lou Dobbs da Fox News e foi retuitada por Jair Bolsonaro hoje (1º).

“Estamos muito otimistas porque o Brasil está mudando de uma gestão extremamente socialista para uma economia muito mais liberal. O que eu vim fazer aqui nos Estados Unidos é dar os primeiros passos para o resgate da nossa credibilidade e mandar uma mensagem clara de que nunca mais seremos um país socialista”, disse. Ele acrescentou que o governo eleito está muito animado com a proximidade com os Estados Unidos.

Trump brasileiro

Sobre as comparações entre Jair Bolsonaro e o presidente norte-americano, Donald Trump, que surgiram durante a campanha a partir de alguns posicionamentos considerados mais radicais do presidente eleito, Eduardo Bolsonaro disse que, assim como Trump, seu pai “não segue a agenda dos politicamente corretos”. “Ele diz o que pensa, gostar ou não é uma escolha de cada um”. Para reforçar a afinidade com medidas adotadas por Trump, Eduardo Bolsonaro voltou a defender a mudança de sede da embaixada brasileira em Israel. “Também adoraríamos mudar a embaixada brasileira de Telaviv para Jerusalém”, disse.

O deputado disse ainda que o futuro governo, assim como fez Trump, pretende não reconhecer a última eleição na Venezuela, que, em maio, reconduziu Nicolás Maduro ao poder. À época, Brasil, Estados Unidos e outros 13 países não reconheceram a vitória de Maduro.

OPINIÃO THIAGO DOS REIS: Os americanos que assistiram à entrevista e conhecem um mínimo sobre o Brasil devem ter gargalhado quando o cachorrinho de Trump disse que “o Brasil nunca mais será socialista”. Além de demonstrar não saber o que é socialismo, ainda demonstra não saber nada da história do próprio país. Pior: a entrevista repercutiu fora do Brasil e os estrangeiros, que sabem de história, tratam Bolsonaro e seu filho assim como tratam Trump: na base de piadas e tiração de sarro. Ninguém mais leva o Brasil a sério.

Fonte: Plantão Brasil

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário