Home Geral O ESCÂNDALO BOLSONARO E AS POSSÍVEIS CORTINAS DE FUMAÇA

O ESCÂNDALO BOLSONARO E AS POSSÍVEIS CORTINAS DE FUMAÇA

Por Alagoas Brasil Noticias

Fabrício e Flávio Bolsonaro.

Desculpe dar uma de advogado do diabo, mas tem alguns aspectos nessa denúncia contra o assessor de Flavio Bolsonaro que são um pouco ridículos. Por exemplo, veja essa matéria do Globo, que reproduzo abaixo. O título é pomposo: “oito funcionários fizeram depósitos na conta de ex-assessor de Flavio Bolsonaro”. Mas aí você vai ver a reportagem, e se trata, em vários casos, de valores irrisórios. Um funcionário, por exemplo, fez depósito de R$ 800 na conta do ex-assessor, outro de R$ 1,5 mil.

Não seria nenhuma surpresa, nem necessariamente ilegal, se este e outros assessores tivessem seus próprios negócios particulares, inclusive em comum, além do emprego no gabinete de Flavio Bolsonaro. Ou mesmo que emprestassem dinheiro uns aos outros.

O tal Fabrício acumulava salários de militar e assessor, de modo que tinha renda de aproximadamente 24 mil reais por mês – não era de 8 mil, como eu disse antes, referindo-me apenas ao salário de assessor.

Temos que tomar cuidado sempre para não ser iludidos por cortinas de fumaça, que podem servir para a grande imprensa fingir que está “vigilante” contra o governo, além de distrair a opinião pública.

É preciso manter a serenidade e a compostura, dando o devido direito à defesa, à dignidade e à presunção de inocência também para a família Bolsonaro.

Fonte: O Cafezinho

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário