Home Entretenimento Latino ataca ex-namoradas por briga por pensão: ‘Acham que fiz filho sozinho’

Latino ataca ex-namoradas por briga por pensão: ‘Acham que fiz filho sozinho’

Por Alagoas Brasil Noticias

Latino resolveu se defender diante de mais uma grande polêmica envolvendo a falta de pagamento de pensão a um de seus nove filhos, com nove mulheres diferentes. O cantor culpou as ex-affairs.

“Duas dessas mulheres não querem trabalhar e acham que fiz filho sozinho. Complicado! Elas usam a mídia para me pressionar”, defendeu-se Latino, réu em dois processos de pensão alimentícia que correm em segredo de Justiça, em entrevista ao UOL.

O cantor, que foi beneficiado na última semana com uma indenização milionária fruto de uma dívida da RedeTV com o cantor, deve reverter parte da bolada para o pagamento de mais de um ano de pensão atrasada da filha Valentina, de apenas 6 anos.

Latino deixa claro que não concorda com o valor cobrado pela mãe da menina, Gláucia Deneno. “Ela soube desse processo (contra a RedeTV) e pediu ao juiz, caso eu venha a receber, que eu pague o valor montante do passado. Mas a grana da RedeTV fica retida até o fim do processo. Se tiver alguma pendência e o juiz achar por conveniência pegar uma parte e pagar, não vejo problema nenhum. Não é o caso porque ainda está sendo discutido”, explica.

O cantor também já foi alvo de mandado de prisão por uma dívida por não pagamento da pensão do filho Matheus, de 7 anos, filho da modelo Jaqueline Blandy. “Não devo nada para a Jaqueline. Às vezes fico alguns dias atrasado, mas porque tenho muita gente para cuidar. São nove filhos e toda uma família gigante, que depende de mim. Falar de mim é fácil, né? Quero ver ser eu”, afirmou Latino.

 

“Dos nove filhos que eu tenho, apenas duas (mães) querem viver de pensão. As outras trabalham e aceitam as minhas condições. Essas duas só querem viver da minha pensão, em vez de pensar em ganhar dinheiro, trabalhar. É complicado ficar julgando, né?”, disparou Latino.

Vale lembrar que o valor da pensão é decidido pela Justiça, como aponta a advogada Natalia Takeno Camargo, responsável pelo caso de Valentina. “Quem determinou o valor da pensão foi o juiz, não a mãe da minha cliente, uma criança. A declaração (do Latino) é bastante ofensiva, pois a mãe da minha cliente trabalha e a obrigação de sustento dos filhos é de ambos, pai e mãe, e não apenas da mãe. É um pai absolutamente ausente, que não cumpre com sua responsabilidade”, disparou a defensora.

 

Fonte: Entrepop / Ana Paula Marques

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário