Home Mundo Raúl Castro pede que Cuba se prepare para os piores cenários contra os EUA

Raúl Castro pede que Cuba se prepare para os piores cenários contra os EUA

Por ABN - ALAGOAS BRASIL NOTICIAS

O ex-presidente e líder do Partido Comunista de Cuba (PCC), Raúl Castro, pediu nesta terça-feira (1), durante o 60º aniversário da Revolução Cubana de 1959, que os cubanos se preparem “para os piores cenários” contra os Estados Unidos, cujo governo “retomou a política de “confronto”, segundo a agência EFE.

Em um discurso na cidade de Santiago de Cuba, Castro, de 87 anos, disse que é dever dos cubanos se preparar “meticulosamente para todos os cenários, incluindo os piores” e “não deixar espaço para perplexidade e improvisação”.

O discurso de Castro, que deixou o cargo em abril, mas permanece como chefe do Partido Comunista até 2021, foi parte de uma cerimônia solene em um cemitério onde Fidel Castro e o herói da independência, Jose Marti, estão enterrados, de acordo com a Reuters.

As palavras do ex-presidente foram consideradas incomuns nas referências em relação aos Estados Unidos: as mensagens conciliatórias durante quatro anos de degelo deram passagem hoje para uma retórica belicosa ao acusar o governo de Donald Trump de ter aumentado as pressões políticas e econômicas para forçar “uma mudança de regime” em Cuba.

O ex-presidente pediu para as chamadas “mentes mais equilibradas” do governo americano que evitem “um cenário de confronto que não desejamos” e expressou a disposição de Cuba de “conviver civilizadamente, apesar das diferenças”, assim como a buscar a “paz e benefício mútuo” nas relações bilaterais.

 

Raúl Castro chega ao cemitério Santa Ifigenia, em Santiago de Cuba — Foto: Reuters/Yamil Lage

Raúl Castro chega ao cemitério Santa Ifigenia, em Santiago de Cuba — Foto: Reuters/Yamil Lage

O conselheiro de segurança nacional de Trump, John Bolton, disse em novembro do ano passado que Washington tomaria uma posição mais dura contra Cuba, Venezuela e Nicarágua, chamando-os de “troika da tirania”.

“A “Troika da tirania”, esse triângulo de terror que se estende de Havana (Cuba), a Caracas (Venezuela) e a Manágua (Nicarágua), é a causa do imenso sofrimento humano, motivo de enorme instabilidade regional e a origem de um sórdido berço do comunismo no hemisfério ocidental. Os Estados Unidos estão ansiosos para ver cada vértice deste triângulo cair. A Troika vai desmoronar”, afirmou Bolton em discurso em Miami.

Fonte: G1 Mundo

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário