Home Alagoas Religiosos colaboram com trabalho da Defesa Civil no Pinheiro

Religiosos colaboram com trabalho da Defesa Civil no Pinheiro

Por Alagoas Brasil Noticias

O secretário de Defesa Civil, Dinário Lemos, reuniu-se com o padre Luís Calado (Foto: Ascom Semds)

Para ampliar a divulgação de informações aos moradores do bairro Pinheiro sobre as ações em andamento para identificar a causa das fissuras na região, a Defesa Civil de Maceió solicitou, neste sábado (19), o apoio de representantes de igrejas católicas e evangélicas da região. Segundo o titular do órgão, Dinário Lemos, o objetivo é fortalecer os canais oficiais de comunicação a fim de evitar boatos que geram pânico.

“Os trabalhos continuam e, conforme haja qualquer atividade ou programação de trabalhos, temos recorrido aos canais de comunicação para informar à população. Buscamos o apoio da Igreja, já que as missas e cultos reúnem grande concentração de pessoas que têm as lideranças religiosas como referência de autoridade e aconselhamento. Essa interlocução representa um importante espaço de e diálogo com os moradores da região. Estamos trabalhando para evitar ruídos e a divulgação de informações falsas com o objetivo de aterrorizar a população”, explicou Dinário Lemos.

Um dos pontos visitados pela Defesa Civil de Maceió neste sábado (19) foi a Paróquia Menino Jesus de Praga, onde houve reunião com o padre Luiz Calado. Durante o encontro, o secretário de Defesa Civil propôs a participação de integrantes do órgão e de pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil em missas para informar a população sobre o trabalho de pesquisa e atenção humanitária que está em execução no bairro.

“A sugestão é trazer técnicos para esclarecer a população sobre o trabalho em andamento e a real situação do bairro para evitar informações desencontradas. A missa é um canal direto com os moradores, um momento oportuno para dialogar. É importante esse apoio para fortalecer a comunicação e colaborar com o trabalho da Defesa Civil”, comentou Dinário Lemos.

Sala de atendimento

O padre Luís Calado garantiu apoio ao trabalho, divulgando informações por meio da Pastoral da Comunicação, e disponibilizou uma sala da Paróquia para que as psicólogas da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) façam o acompanhamento das famílias. Também ficou definido que serão agendadas participações nas missas com técnicos para esclarecer e dialogar com a comunidade.

Já na Igreja Assembleia de Deus do Pinheiro, a equipe da Defesa Civil foi recebida pelo pastor Wilson Pimentel. “Desde que recebemos as informações sobre a situação do bairro, temos conversado nos cultos e orientado a população. São cerca de 700 pessoas que congregam nesta igreja e nosso papel também é de ajudar a acalmar, visto que não há qualquer laudo conclusivo”, disse o pastor.

Fonte: Tribuna Hoje

 

 

 

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário