BrasilSLIDE

BOLSONARO FAZ CHANTAGEM: NE SÓ DÁ CERTO COM REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Em evento no Recife, Jair Bolsonaro afirmou a governadores que o sucesso do Plano de Desenvolvimento para o Nordeste depende a aprovação da reforma da Previdência, ou seja, fez chantagem na região que lhe deu menos votos na eleição; "Sem a reforma da Previdência não podemos sonhar nem botar em prática parte do que estamos propondo neste momento" | 24 DE MAIO DE 2019 | ÀS 16:39

Foto: Brasil 247

247 – Após a visita ao acervo do Instituto Ricardo Brennand (IRB), bairro da Várzea, zona oeste do Recife (PE), na manhã desta sexta (24), o presidente Jair Bolsonaro anunciou anunciar o Plano de Desenvolvimento para o Nordeste e afirmou a governadores que o sucesso da proposta na região depende a aprovação da reforma da Previdência para garantir mais recursos ao governo. Ou seja, o chefe do Planalto fez chantagem na região que lhe deu menos votos na eleição presidencial.

“Sem a reforma da Previdência não podemos sonhar nem botar em prática parte do que estamos propondo neste momento”, afirmou. Com a declaração, o presidente demonstra novamente a falta de proposta do governo no sentido de diversificar as fontes de financiamento de projetos. 

“É um exemplo pra todos nós, políticos, se nos unirmos, independente de agremiação política e partidária, para atingirmos o objetivo maior que é o futuro de nosso Brasil. O que nós queremos e vocês querem aqui presentes, com toda a certeza, é que nossos filhos sejam melhores do que seus respectivos pais porque só assim nós temos a certeza que venceremos etapas para colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece”, acrescentou.

O presidente teve um encontro com os governadores do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo na reunião no Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste – Sudene (Condel), realizada na capital pernambucana.

Estiveram no encontro, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), os ministros Osmar Terra (Cidadania), general Santos Cruz (Secretaria da Presidência), General Heleno (GSI), além dos governadores Rui Costa, Flávio Dino, Romeo Zema, Camilo Santana, João Azevedo, Wellington Dias, Fátima Bezerra, Renan Filho e Belivaldo Chagas. O governador Renato Casagrande (ES) não foi citado na apresentação. O líder do governo no Senado Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) também participou do encontro.

Fonte: Brasil 247

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar