Esportes

CRB sai na frente, mas é derrotado pelo Operário

20 de julho de 2019 | 21:23 | Galo estacionou nos mesmos 13 pontos, na décima posição

Reprodução
 

Neste sábado, em partida válida pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu do Operário por 2 a 1, de virada. Jogando em casa, no estádio Germano Kruger, o time paranaense saiu perdendo, com gol marcado por Willians Santana, porém reagiu no segundo tempo. Willians Santana e Lucas Batatinha marcaram para os mandantes, garantindo os três pontos.

Apesar de sair perdendo na primeira etapa, o Operário foi superior em campo e criou, pelo menos, cinco chances de gol. Na segunda etapa, o Fantasma não diminuiu o ritmo e logo chegou ao gol de empate. Mantendo a pressão, o time mandante virou o placar com Lucas Batatinha e garantiu o resultado justo para os paranaenses.

Com o resultado, o Operário chegou à 11ª colocação, com 13 pontos somados. Na próxima rodada, o time enfrenta o São Bento, fora de casa, na terça-feira, às 19h15. Enquanto isso, o Galo estacionou nos mesmos 13 pontos, na décima posição. O próximo compromisso do time será contra o Criciúma, em casa, nesta terça-feira, às 21h30.

Jogo

Na primeira chance de perigo do jogo, o Operário chegou em um escanteio batido pela direita. Índio subiu bem na primeira trave e acertou o posto direito defendido pelo CRB. Logo em seguida, o lateral Maílton desceu bem pela direita e arriscou bom chute rasteiro de fora da área. A bola passou rente à trave direita.

O CRB respondeu após saída errada do zagueiro Lázaro, que entregou a bola de graça para Igor. O meia arriscou de direita de fora de área e exigiu boa defesa de Simão. O gol da equipe alagoana saiu logo depois, aos 29 minutos. Alisson Farias serviu Willians Santana dentro da área, que achou um espaço e finalizou rasteiro de esquerda. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Buscando reagir, o Operário lançou-se ao ataque e continuou levando perigo. Maílton novamente apareceu bem no ataque, dessa vez trazendo a bola para o pé esquerdo e arriscando de uma posição frontal. A bola quicou no gramado antes de chegar no goleiro Edson Mardden. Na sequência, Índio perdeu gol impressionante. O volante cabeceou livre na pequena área após belo cruzamento de Allan Vieira, mas mandou por cima do travessão.

Antes do fim da primeira etapa, o Operário ainda chegou mais três vezes com perigo. Primeiro, Lucas Gaúcho recebeu cruzamento de Maílton e cabeceou para o chão, raspando a trave esquerda. Depois, o centroavante levou perigo novamente, dessa vez em chute forte de fora da área. Edson Mardden foi buscar com a ponta dos dedos. Por fim, o Fantasma chegou novamente em bola levantada na área. Maílton cruzou e Felipe Augusto, sozinho, testou para fora.

Logo no primeiro minuto da etapa complementar, o CRB assustou com Willie. O atacante recebeu passe em contra-ataque e, de pé direito, acertou chute rasteiro na trave defendida por Simão. O Operário respondeu com Lucas Gaúcho, que aproveitou cruzamento de Allan Vieira, subiu muito alto e testou para defesa de Edson Mardden em dois tempos.

O gol de empate do Fantasma saiu aos 15 minutos. Igor bobeou, Marcelo tomou a posse pela direita e cruzou rasteiro para dentro da área. A bola passou por todo mundo e ficou oferecida para Felipe Augusto, que apenas teve o trabalho de mandar para a rede.

Seis minutos depois, a virada veio. Felipe Augusto recebeu passe em profundidade nas costas da zaga, avançou pela esquerda e chutou na trave. Na sobre, Lucas Batatinha, que tinha entrado há um minuto, apareceu livre para mandar para o gol.

Ainda deu tempo do Operário chegar próximo de marcar o terceiro. Revson, que entrou no segundo tempo, recebeu de fora da área e arriscou chute de esquerda. A finalização parou na trave esquerda, assustando Edson Mardden. Depois desse lance, nada mais emocionante aconteceu na partida, que terminou com a vitória de virada do Fantasma.

Fonte: Tribuna Hoje

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar