PoliciaSLIDE

Em abordagem, elemento troca tiros com a polícia e morre em Arapiraca

O elemento conhecido pela alcunha de "Riquinho" era acusado de liderar bando que praticava assaltos e roubos de motos na região de Lagoa da Canoa | 13|08|2019 ÀS 05:41

Na manhã desta segunda-feira (12), um elemento considerado de alta periculosidade foi morto em uma troca de tiros com policias da Rocam, pertencente ao 3º BPM de Arapiraca.

A abordagem aconteceu no bairro Nova Esperança, na cidade de Arapiraca, no Agreste de Alagoas, por volta das 10h30.

De acordo com a Polícia Militar,  o elemento identificado como Paulo Alberto Ferreira do Nascimento, 22 anos, conhecido pela alcunha de Riquinho, que era morador da cidade de Lagoa da Canoa, também situada no Agreste do estado, foi abordado em atitude suspeita sem documentos pessoais, no momento da abordagem ele teria dado um nome falso aos policiais, na tentativa de enganá-los.

Após a ação, os policias o levaram até a sua suposta residencia, no bairro Nova Esperança, na tentativa de verificar a sua documentação. Ao chegar lá, ele fingiu pegar algo embaixo da cama, quando sacou uma arma de fogo e iniciou a troca de tiros com policiais da Rocam. Riquinho só parou de atirar quando foi atingido, ele ainda chegou a ser socorrido até o Hospital de Emergência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Riquinho havia sido preso vários vezes por roubos, suspeitas de homicídios e até de estupro, além de tráfico de drogas. Ele e comparsas dominavam uma onda de assaltos e tráfico de drogas nas região Agreste.

( Riquinho – Foto: Redes Sociais )

Em Lagoa da Canoa, Riquinho teria praticado vários assaltos, nas proximidades de um quebra-molas, a veículos e pedestres, inclusive efetuando disparos de arma de fogo contra as vítimas.

O corpo de Riquinho foi trasladado para o IML de Arapiraca para as providências cabíveis.

Fonte: Diário Arapiraca

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar