EsportesSLIDE

Ceará dispara contra VAR após derrota: “tecnologia é para quem sabe usar”

Redação Goal | O Vozão reclamou de um pênalti não dado após disputa do goleiro Tiago Volpi, do São Paulo, com Felipe Cardoso | 19:44 | 18/ 08/ 19

Getty Images 
 

A vitória do São Paulo sobre o Ceará, neste domingo (18), pela 15ª rodada do Brasileirão, foi marcada pelas estreias de Juanfran e Dani Alves, que fez único gol da partida realizada dentro do Morumbi. Entretanto, um lance polêmico também foi muito lembrado.

No segundo tempo, o goleiro Tiago Volpi derrubou Felipe Cardoso na área. O VAR chamou a atenção do árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior, que optou por não dar o penal e revoltou os jogadores do Vozão – que caiu para 11º na tabela. 

E se de um lado os são-paulinos comemoravam a vitória, do outro pessoas ligadas a Ceará não escondiam a insatisfação com o lance. Em sua entrevista coletiva, o técnico Enderson Moreira disparou: “tive certeza que foi pênalti. A forma que o Volpi sai, é muito imprudente. Eu queria entender o porquê da não marcação do pênalti. Como é que um VAR consegue não interferir nisso. O São Paulo não tem nada a ver com isso, mas é porque era uma festa hoje e não podíamos atrapalhar, mas não avisaram a gente. O futebol brasileiro a gente entra na expectativa de que possa ter igualdade”, disse.

Em contato com a ESPN Brasil, o presidente do Ceará, Robinson Alves atacou a forma como o VAR vem sendo usado no Brasil: “A gente fica meio que pensando bobagem nessa hora. É inexplicável. O que está agregando ao futebol, realmente? (…) Não está contribuindo em quase nada (…) Tecnologia é para quem sabe usar”, finalizou. 

Fonte: Goal

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar