PoliticaSLIDE

Eduardo Bolsonaro (embaixador?) e o voto dos senadores alagoanos

Por Voney Malta 19/08/2019 às 12:40

Eduardo Bolsonaro foi indicado pelo pai, o presidente Jair Bolsonaro, para assumir embaixada brasileira nos EUA.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) quer que o seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), seja o próximo embaixador do Brasil nos EUA. Contudo, hoje não seria possível a obtenção dos 41 votos necessários no plenário.

Dos senadores alagoanos, Renan Calheiros (MDB) e Rodrigo Cunha (PSDB) são contrários a indicação, enquanto Fernando Collor (PROS) preferiu não responder ao levantamento feito pelo Estado de São Paulo.

Dos 81 senadores, além dos dois alagoanos, 28 já deixaram claro que votam contra. Como Collor, outros 27 optaram pelo silêncio. 15 tornaram público que votam a favor, 7 estão indecisos e o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), não vota.

Talvez o parecer da consultoria legislativa do Senado dificulte – o que foi bom pra oposição -, ainda mais a situação do filho do presidente, uma vez que considerou a indicação pelo pai, caso se confirme, nepotismo.

Mesmo assim, Eduardo continua frequentando os gabinetes dos senadores para conquistar apoios.

Como disse recentemente o esperançoso presidente da República – o papai Bolsonaro – sobre o filhote Eduardo, o 03, “Pretendo beneficiar filho meu, sim. Se eu puder dar um filé mignon ‘pro’ meu filho, eu dou”.

Fonte: Cada Minuto

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar