Brasil

Em aparente ataque a Carlos Bolsonaro, Santos Cruz critica “bravatas”

CARLOS ESTÊNIO BRASILINO | estenio.brasilino@metropoles.com | 10/09/2019 | 21:22

ANDRE BORGES/ESP. METRÓPOLES

Alçado à condição de desafeto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) depois de ter sido demitido do cargo de secretário-geral da Presidência da República, o general Carlos Alberto Santos Cruz usou de sua conta no Twitter nesta terça-feira (10/09/2019) para uma mensagem que pode soar como um recado para o vereador Carlos Bolsonaro, um dos pivôs de sua saída do governo.

Em post sobre o tema “democracia“, Santos Cruz cita “bravatas, oportunismos, desequilíbrios e infantilidades” como alvos de repúdio da sociedade.

O tuíte do general vem um dia após Carlos Bolsonaro postar, também no Twitter, que, “por vias democráticas as mudanças que os novos donos do poder gostariam de ver implantadas não acontecerão com a velocidade desejada”.

O comentário foi bastante criticado por autoridades e políticos nesta terça. O vereador voltou ao Twitter para culpar a imprensa, que, segundo ele, teria distorcido sua fala.

“Canalhas”
Segundo o parlamentar, que se licenciou do cargo nesta terça, a fala era mais uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes. Pontuou ainda que a imprensa distorceu sua declaração, fazendo com que parecesse uma defesa à ditadura.

“O que falei: por vias democráticas as coisas não mudam rapidamente. É um fato. Uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes. O que jornalistas espalham: Carlos Bolsonaro defende ditadura. CANALHAS!”, disparou o herdeiro do presidente.

Fonte: Metrópoles

 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar