Religião

Parte do corpo de Irmã Dulce será dado como presente ao Papa Francisco

Com informações do Correio | 24 horas | 19/09/19 | 08h36

Betto Jr./CORREIO
 
 

Um relicário com restos mortais de Irmã Dulce, será dado ao Papa Francisco durante a cerimônia de canonização da religiosa, que para os católicos será oficializada como santa, em 13 de outubro. A cerimônia ocorrerá no Vaticano, quando Dulce receberá a alcunha de Santa Dulce dos Pobres.

A outra parte dos restos mortais estão guardados numa caixa sob o prótotipo do corpo de Dulce, que ficará exposto na Capela das Relíquias, no Templo da Bem-Aventurada, no Largo de Roma, em Salvador.

Apesar de soar estranho, a prática é comum no catolicismo. No ano passado, o Papa Francisco doou ao Patriarca Ecumênico de Constantinopla Bartolomeu I, chefe da igreja ortodoxa, um relicário com alguns fragmentos de ossos de São Pedro, considerado o primeiro Papa Católico.

Outro relicário famoso é o que guarda a a língua de Santo Antônio de Pádua, que até hoje recebe a veneração dos fiéis. Para o Papa Francisco, os restos mortais dos santos têm uma importância histórica e arqueológica, mas principalmente espiritual e religiosa.

Fonte: TNH1

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar