BrasilSLIDE

Manchas de óleo: Marinha e Ibama vistoriam foz do Rio São Francisco nesta quarta

Redação TNH1 | 08/10/19 | 16h55

Reprodução / RedeNetBrasil
 
 

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e a Marinha do Brasil vão vistoriar, na manhã desta quarta-feira (9), as margens do Rio São Francisco em busca de manchas de petróleo semelhantes às que foram encontradas em 132 localidades no Litoral da Região Nordeste.  

No final de semana, manchas de óleo foram registradas na foz do Rio São Francisco, em Piaçabuçu, no Litoral Sul de Alagoas, e não se sabe ainda se a substância avançou sobre o rio.

Ontem, a analista ambiental do Ibama, Cynira França, disse não acreditar que as manchas possam entrar no sentido contrário do rio, mas ressaltou que era preciso criar uma espécie de barreira para conter o óleo e definir uma estratégia em relação à chegada da substância às águas do São Francisco.

Até o momento, 61 municípios, nos nove estados do Nordeste, foram atingidos pelas manchas de óleo. Ao todo, são 132 localidades onde houve registro do desastre ambiental.

Em Alagoas, são 14 pontos de praias em nove municípios. Em todo o litoral alagoano, só não há registros oficiais em Maragogi, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Jequiá da Praia e Feliz Deserto. 

Polícia Federal investiga

O surgimento de manchas no litoral nordestinou virou caso de policia, que investiga a origem do petróleo cru que poluiu o mar nos nove estados da região. Em Alagoas, as investigações vão ficar a cargo da Polícia Federal do Rio grande do Norte. A confirmação foi da assessoria de imprensa Alagoana.

A Polícia Federal instaurou inquérito no último dia 02, após uma reunião com representantes de diversos estados nordestinos, realizada no Recife, Pernambuco.

Fonte: TNH1

 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar