Home Municípios Novo procedimento do HE do Agreste facilita acesso ao Cartão SUS

Novo procedimento do HE do Agreste facilita acesso ao Cartão SUS

Por Alagoas Brasil Noticias

Comprometido com a missão de tornar a gestão da saúde cada vez mais humanizada, o Hospital de Emergência Daniel Houly utiliza a tecnologia para adotar um novo procedimento que facilita aos usuários o acesso ao Cartão Nacional de Saúde (CNS), o conhecido Cartão SUS.

Por meio do recém-criado Grupo de Apoio Social, o HE do Agreste está disponibilizando a emissão gratuita do cartão para familiares e acompanhantes de pacientes que são atendidos nos casos de urgência e emergência.

“Em outras unidades de saúde, vinculadas ao Sistema SUS, as pessoas até marcam consultas, exames e apresentam o cartão. Mas, aqui, os familiares chegam em momentos de muita aflição, ansiedade e, na maioria das vezes, não estão com os documentos”, revela o coordenador do Serviço Social do Hospital de Emergência do Agreste, assistente social Rodrigo Barbosa.

Ele explica que o usuário precisa apenas falar o nome completo do paciente, para que a equipe adote o procedimento e acesse os dados do solicitante ou até possa criar um número para impressão do documento, que é a identificação do usuário do SUS.

Acolhimento

A dona de casa Ana Lúcia Saturnino Silva, que reside em Arapiraca, acompanha o filho menor de catorze anos desde o mês de setembro. “Ele sofreu um acidente com caixas de som e teve de ficar internado na UTI em estado grave. A equipe ajudou na emissão do cartão e dos documentos. Meu filho está em recuperação e o atendimento está sendo ótimo”, salienta.  

Além da impressão dos documentos, o HE do Agresteo também implantou recentemente novos horários e ampliação das visitação dos familiares e acompanhantes de pacientes, desde que apresentem documentos com fotografias”, acrescenta.

Há cerca de dois meses que o hospital ampliou de dois para três os períodos de visitação. Pela manhã, os familiares e acompanhantes podem agendar a entrada nos leitos das 11 horas ao meio-dia, e, no período da tarde, das 16 às 17 horas. Também foi adotada a visitação noturna, no período das 19h30 às 20h30.

Rodrigo Barbosa acrescenta que o Apoio Social, com o aval da gerência-geral do HE do Agreste, ainda faz ligação para os municípios viabilizarem transporte até as residência dos pacientes que receberam alta médica.

Funcionando 24 horas, o grupo é responsável pelo encaminhamento ao Setor de Qualidade de Vida do Trabalhador (QVT), Serviço Social e outros setores do hospital, bem como o ingresso para a troca de acompanhante nos leitos, às seis e nove da manhã, e nos períodos da tarde (16 horas) e noite (20 horas).

“Com o apoio da direção, nosso maior propósito é fortalecer os vínculos entre familiares, acompanhantes, pacientes e equipes do hospital, para tornar mais ágil o fluxo de visitas e reforçar as ações de acolhimento”, acrescenta Rodrigo Barbosa. O Grupo de Apoio Social é formado por 13 profissionais, sendo 12 assistentes administrativos e uma diarista.

Fonte: Assessoria | HE

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário