AlagoasSLIDE

Funcionários da Veleiro paralisam atividades e cobram pagamento do 13º salário

Mais de 15 linhas e 600 trabalhadores estão parados nas cidades de Maceió e Rio Largo | 02|12|2019 Ás 07:14

Motoristas e cobradores da empresa Veleiro cruzaram os braços e paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (02), para cobrar o pagamento da primeira parcela do 13º salário, que deveria ter sido feito no último dia 30. Mais de 15 linhas e 600 trabalhadores estão parados em Maceió e Rio Largo. Já a empresa afirmou que o pagamento total será feito no dia 16, mas a categoria quer uma garantia do pagamento..

“Os empresários colocaram um aviso dizendo que o pagamento seria feito no dia 16, mas o problema não é pagar de uma vez, o problema é que o trabalhador não acredita nessa empresa, porque, o pagamento que é do dia 20, ele só paga no dia 30, o pagamento do dia 5, ele só paga no dia 15. Toda vez que o trabalhador chega na boca do caixa para receber, não tem. Como essa empresa diz agora que vai pagar o décimo dia 16 de uma parcela única? A gente sabe que eles não têm esse dinheiro”, afirmou Sandro Régis, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttro)

Além do décimo, os funcionários também cobram o pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e encargos sociais. Segundo o sindicato, os ônibus só voltarão a circular depois de uma reunião com a direção da empresa, que está marcada para ocorrer na manhã de hoje.

“Queremos uma reunião, que eles assinem um termo de responsabilidade, que ele pague o trabalhador do dia 16 ao dia 20. Além do décimo, tem o pagamento da quinzena do dia 5, que ele só paga dia 15. Como ele vai pagar o salário e o décimo no outro dia? Essa é a preocupação”, disse Angelo.

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar