Mundo

Trump diz que “realmente não importa” se havia uma ameaça iminente de Soleimani

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu sua decisão de ordenar a assassinato do comandante iraniano Qassem Soleimani, ressaltando não ser importante ou não se o militar representava uma ameaça iminente ao país | 13 de janeiro de 2020 | 17:23

 
 

“A Fake News Media e seus parceiros democratas estão trabalhando duro para determinar se o futuro ataque do terrorista Soleimani era ou não ‘eminente’, e se minha equipe estava de acordo”, escreveu Trump ao provavelmente cometer um erro de ortografia ao escrever “iminente”.

“A resposta para ambos é um forte SIM., mas isso realmente não importa por causa de seu passado horrível!”

Fonte: Brasil 247

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar