mini indice operar swing trade opções binárias teoria ativos de opções binarias mercado de opções binárias no brasil trade offs estrategias de operações arbitragem opções binarias melhores ativos para investir olymp trade opções binárias day trading curso de opções binárias via torrent mercado livre opçoes binarias clam opçoes binarias qual a melhor corretora de opçoes binarias fique rico investindo em opçoes estrategia forex day trading trader tm opçoes binarias operando na plataforma ninja trade qual o ponto de entrada operação ações day trade
Home NotíciasPolicia Falsa advogada é presa após receber R$ 58 mil para ‘acelerar’ aposentadoria de idoso

Falsa advogada é presa após receber R$ 58 mil para ‘acelerar’ aposentadoria de idoso

Por Alagoas Brasil Noticias

Uma mulher de 35 anos foi presa em Maceió suspeita de usar documento falso e cometer crime de estelionato. Ela já teria faturado cerca de R$ 58 mil apenas com um golpe. A informação sobre a prisão foi divulgada pela Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) nesta sexta-feira, 17.

Segundo o delegado Thiago Prado, responsável pela detenção, a mulher, de iniciais L. S. B., é natural de Pernambuco e utilizava o nome falso de Luciana Maria de Pereira. A suspeita se apresentava às pessoas como advogada previdenciária e prometia conseguir a aposentadoria delas de forma mais rápida do que as vias comuns.

Para os idosos, ela também alegava ter influência com juízes, promotores e assessores. Em um dos crimes, a falsa “Luciana” subtraiu aproximadamente R$ 58 mil de uma mulher, com o argumento de que seria o valor necessário para entrar com a ação judicial.

Após a prisão, o delegado fez uma alerta sobre os casos que, segundo ele, estão sendo comuns e orientou os idosos a buscarem escritórios de advocacia referenciados, para não correrem riscos de cair em armadilhas e ficar no prejuízo. 

Prisão em Pernambuco

Em junho de 2016, L.S.B. havia sido presa na cidade de Olinda, também suspeita de enganar pessoas se passando por advogada. Naquela ocasião ela dizia se chamar Ludmila Moura e causou prejuízos a inúmeras pessoas na região metropolitana do Recife.

Fonte:  TNH1

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário