Brasil

Policial revista mulher negra acusada por furto cometido por mulher branca

Vídeo em que mulher negra é acusada de ter furtado uma idosa dentro de um ônibus em Curitiba, quando na verdade quem cometeu o roubo foi uma mulher branca, viraliza nas redes sociais | 19 de janeiro de 2020 | 14:26 h

Policial revista bolsa de mulher negra (Foto: Reprodução)

O item roubado, porém, foi encontrado com uma outra passageira, de pele branca, que foi reportada por um homem que acompanhou toda a movimentação, mas só a denunciou após a revista policial.

A vendedora Evelyn Duarte, de 22 anos, que filmou toda a ação, contou ao Uol o que aconteceu:

“Chegou o momento em que os envolvidos foram para perto do motorista do ônibus e a idosa que teve a carteira roubada disse que chamaria a polícia. O marido desta senhora, um homem branco, repetia o tempo inteiro que a mulher negra que estavam acusando era a responsável pelo furto. Chegou a dizer, inclusive, que tinha visto a moça cometer o crime (…). Quem entrou no ônibus começou a acusá-la injustamente sem saber o que tinha acontecido, assim como todas as pessoas que já estavam lá dentro”, explicou a testemunha.

“Todo mundo estava observando a ação, mas ninguém se meteu. Quando a verdade veio à tona e viram que a culpada era a outra mulher, o idoso sequer pediu desculpa à primeira suspeita. A mulher dele veio se desculpar comigo, mas não era a mim que ela devia desculpas (…). Quem estava julgando era a sociedade, as pessoas dentro do ônibus, sem ao menos conhecê-la. Dói, dói muito. Eu segurava o choro porque mulher preta tem que ser forte o tempo todo, mas a gente nunca consegue. Quis passar para essa mulher muita força e, principalmente, que ela não precisava passar por isso sozinha”, desabafa Evelyn, que, mesmo durante o acontecido, já acusava a todos dentro do ônibus de racismo.

Fonte: Brasil 247  

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar