imagem manipulçao opçoes binarias opcoes binarias scam arab-latin american relations energy investment and trade taxas em operações day trade mini indice clear estratégia forex jam para opções binárias qual o melhor trade pra investir opções binarias 2019 opções binárias prevendo o gráfico para amanhã introduction to forex trading opçoes binaria registrar trends in global trade and investment sala de operações trader estudo técnico em opções binárias pdf melhor plataforma investimentos day trader 2019 melhor ativo das opçoes binarias forex trading sign in optionbr1
Home Alagoas Frota antiga: SMTT lacra 49 ônibus da empresa Veleiro por irregularidade

Frota antiga: SMTT lacra 49 ônibus da empresa Veleiro por irregularidade

Por Alagoas Brasil Noticias
Bruno Protásio/TV Pajuçara  
 
 

Uma fiscalização da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) deixou 49 veículos da Auto Viação Veleiro e um da empresa Cidade de Maceió lacrados na manhã desta terça-feira, 21. Os carros estão com a idade da frota acima da exigida pelo edital e serão impedidos de transportar passageiros. Com isso, a empresa precisa utilizar novos ônibus para substituí-los.

O assessor técnico de Transportes da SMTT, Alexandre Serafim, destacou que a empresa tem o maior número de ônibus com mais tempo de uso e que chegam denúncias ao órgão sobre a falta de segurança dos veículos.

“Retomamos a operação que fiscaliza a idade da frota, principalmente na empresa onde tem as frotas mais antigas. Chegam denúncias diariamente e a SMTT é cobrada pela população, tem que dar resposta. É fiscalizando, fazendo vistoria. São muitos ônibus que estão nessa situação, média de 50 acima de 10 anos de uso”, destacou.

“Eles não vão operar transportando passageiros, porque estão lacrados. Eles precisam ser substituídos. A empresa pode ser autuada e pagar uma multa em torno de R$ 2 mil pelo descumprimento. Há todo um regulamento a ser aplicado, isso está no contrato firmado entre as empresas e a SMTT”, disse.

Em entrevista à TV Pajuçara, o sócio-diretor da Veleiro, Gustavo Rocha, admitiu a situação crítica que a empresa enfrenta e voltou a destacar o desequilíbrio econômico-financeiro. “Nós sabemos que temos ônibus antigos na frota, a gente também sofre com as irregularidades”, disse.

“A gente precisa do reequilíbrio do contrato. É preciso que a sociedade entenda que o sistema precisa de um equilíbrio financeiro para que se tenha fluidez financeira do sistema funcionando. Há uma depredação do sistema, funcionando em cima de um problema. Tem um problema financeiro, não consegue pagar a folha, renovar a frota, manter os contratos em dia e assim vai. É nítido o desequilíbrio. Precisa de uma solução, é uma cenário que também cabe a prefeitura tomar uma decisão”, continuou Rocha.

A Veleiro teria entre 65 e 70 veículos usados para o transporte coletivo em Maceió. O efetivo atual não foi confirmado pela empresa.

Encerramento da paralisação

Nesta manhã, depois de uma reunião entre representantes da empresa e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro), os funcionários, que estavam sem desempenhar suas funções em protesto contra o atraso do pagamento do salário e busca por melhoria nas condições de serviço, decidiram retornar às atividades dando fim para a paralisação que acontecia desde a última semana.

De acordo com o presidente do Sinttro, Sandro Régis, ficou acordado que a Veleiro vai realizar os pagamentos até o fim de janeiro. Ele também revelou que vai buscar na Justiça a manutenção dos direitos dos trabalhadores.

Fonte: TNH1  

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário