curso opcoes binarias curinga one touch opçoes binarias curso para investir em operacoes binarias vantagem investimentos opçoes sinais de opçoes binarias gratis best indicators for day trading forex brasil trade investimentos logo opções binárias na alpari planilha opçoes binarias xls opçoes binarias uns ganha e outros perde indicador rsi opções binárias quanto ganho com opções binárias rafa trader operando bolsonaro corretoras de opções binárias regulamentadas 2019 opções binárias fazem parte de qual mercado barman investimentos ou thalisson_trader video aula opções binarias
Home Eventos ‘A morte está aí, qualquer hora ela chega’, diz Tarcísio Meira

‘A morte está aí, qualquer hora ela chega’, diz Tarcísio Meira

Por Alagoas Brasil Noticias

Tarcísio Meira | Foto: Divulgação

O ator Tarcísio Meira, 84, conta que não pretende mais fazer peças de teatro. Em cartaz em São Paulo com a peça “O Camareiro”, até o dia 2 de fevereiro, ele revela que não acredita que novos trabalhos nessa área o excitem.

“Nosso trabalho é muito difícil e cansativo, mas também muito prazeroso e enriquecedor. Se é uma coisa que o ator não pensa é em se aposentar e parar de atuar. Claro que ninguém quer morrer no palco. Espero que não aconteça comigo e nenhum de nós. Mas não penso em me aposentar, parar. Agora, sendo realista, depois desta peça, não vou fazer outra. Estou indo para os 85 anos, estou velhinho”, disse em entrevista à Quem.

O ator, que em dezembro fez um desabafo ao falar de morte, voltou a tocar nesse assunto. “Não tem nada de melhor na velhice, tudo é pior. Envelhecer é uma coisa muito chata. Tem limitações física e intelectuais cada vez maiores. A memória não é mais a mesma. A morte está aí. Qualquer hora ela chega. Que chegue bem”, revelou.

Apesar disso, ele procura não pensar nisso e se mantém ativo e bem para cuidar da saúde. As consultas e check-ups também estão em dia. Tarcísio Meira ficou 11 dias internado no ano passado.

“Não sinto falta de estar sempre ocupado. Sinto que já fiz bastante coisa, muitas boas e outras nem tanto. Tudo foi acontecendo quase como um turbilhão na minha vida. Nem parava muito para pensar, não dava tempo. Tive pouco tempo para mim na minha vida. Não sei como é hoje em dia fazer novela, tenho impressão que é mais fácil, mais dividido. Acho que ninguém decorou tanto texto quanto eu”, finalizou.

Fonte: Folha Press 


Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário