melhores e piores horarios para operar na olymp trade curso de opções binárias via torrent operar day trade ações como investir em day trader mini indices na pratica trader lucrativo xp investimentos oficial investir em a quero operar como trader como investir na bovespa trader opções binárias onde investir como operar b3 na olymp trade opções binárias me poupe como opções binárias complemento de renda popcções x opções binárias automated trading strategy forex performance is forex trading difficult operação swing trade bitcoin ganhar dinheiro com opções binárias sites estratégia de tendencia opçoes binarias
Home Mundo Mortes na China aumentam para 41; infectados chegam a 1.287

Mortes na China aumentam para 41; infectados chegam a 1.287

Por Alagoas Brasil Noticias

© Reuters

As mortes pelo novo coronavírus na China aumentaram para 41 e o número de infectados já chega a 1.287, segundo novo balanço divulgado pela TV estatal chinesa na noite desta sexta-feira, 24. A maioria dos registros segue concentrada em Wuhan, na província de Hubei, onde o surto começou. 

O aumento de casos ocorre no mesmo dia que a doença chegou à Europa, com três casos confirmados na França, de acordo com o Ministério da Saúde do país.

Além da China, onde o surto começou, já são 10 os países a confirmar casos da doença: França, Japão, Coreia do Sul, Singapura, Estados Unidos, Vietnã, Arábia Saudita, Taiwan, Nepal e Tailândia. Nos EUA, dois casos já foram confirmados e mais de 60 registros suspeitos estão em investigação.

No Brasil, o Ministério da Saúde colocou o País em alerta para o risco de transmissão do coronavírus, mesmo sem nenhum caso suspeito em território nacional. Profissionais de saúde e hospitais já estão sendo orientados de como agir caso o vírus chegue. O ministério descartou os cinco casos suspeitos que foram notificados por não se enquadrarem na definição estabelecida pela OMS.

Para ser classificado como caso suspeito, o paciente precisa apresentar os sintomas da doença (febre, tosse e dificuldade para respirar) e ter histórico de viagem para a região chinesa onde há surto.

A Secretaria da Saúde de São Paulo anunciou um plano para o monitoramento e resposta de casos suspeitos. A mobilização vai englobar os principais hospitais de referência, como Instituto de Infectologia Emílio Ribas e Hospital das Clínicas, e profissionais estão sendo treinados para fazer a detecção e notificação de possíveis casos da doença. 

Fonte: Noticias ao Minuto

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário