EsportesSLIDE

Com problemas na criação, CSA estreia com derrota para o Sport pelo Nordestão

Azulão, apesar do bom início de primeiro tempo, não conseguiu balançar as redes e viu Leandro Barcia marcar para o Leão | Por Debora Rodrigues | 26|01|2020 às 07:19

Com problemas na criação, CSA estreia com derrota para o Sport pelo Nordestão | FOTO: AILTON CRUZ
Na estreia pela Copa do Nordeste, o CSA recebeu o Sport, no Estádio Rei Pelé, na noite deste sábado (26). O time alagoano chegou a fazer um bom início de primeiro tempo, mas apresentou dificuldade na criação de jogadas e viu o Leão voltar para Pernambuco com a vitória. O único gol da partida foi marcado por Leandro Barcia.

O Azulão voltará a entrar em campo, dessa vez pelo Campeonato Alagoano, na próxima terça-feira (28). A equipe maruja receberá o Jaciobá, novamente no Estádio Rei Pelé, às 20 horas.

Primeiro tempo

O CSA foi o primeiro a chegar no ataque adversário. Aos 6 minutos, após bola alçada na área, Rodrigo Pimpão ficou com a bola, mas acabou chutando torto. Quatro minutos depois, Rafinha cobrou uma bela falta direto no gol e Luan Polli fez uma defesaça.

Azulão teve um bom início de primeiro tempo, mas acabou não engrenando | FOTO: AILTON CRUZ

Após esses lances, o Sport igualou a partida, trocando mais passes. A partida chegou a esquentar aos 24 minutos, quando Elton e Alan Costa subiram para disputar a bola e acabaram se estranhando. Com a confusão generalizada em campo, Zandick Gondim, árbitro da partida, deu um cartão amarelo para cada jogador.

O Leão levou muito perigo ao CSA aos 36′, após troca de passes entre Raul Prata, Yan e Jean Patrick, que para Elton na área. O jogador não dominou bem e a bola foi por cima do gol.

A última boa chance da primeira etapa foi do Azulão, aos 42′, com Rodrigo Pimpão. O atacante chutou uma bola que bateu no travessão. O problema é que o árbitro já havia marcado falta no goleiro Luan Polli.

Barcia balança as redes

Assim como no primeiro tempo, na segunda etapa, o Azulão veio pressionando. Logo aos 2 minutos, Bilu avançou com a bola pelo lado direito e mandou um chute no gol.

Rafael Bilu tentou algumas jogadas individuais | FOTO: AILTON CRUZ

Depois veio o banho de água fria. Dois minutos depois, Elton passou pela lateral esquerda em velocidade e tocou para Leandro Barcia, que, de cabeça, abriu o placar para o Leão.

E, logo aos 7′, o Sport continuou pressionando. Barcia cruzou na área e Mugni ficou na cara do gol, mas Caíque segurou o placar.

O time marujo respondeu bem, aos 10 minutos, com Schutz. O atacante mandou um chutaço da entrada da área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Depois desse lance, a partida continuou com boa movimentação, mas não houve muitos lances de perigo. Outro susto só veio aos 40′, após lançamento, Bilu aparecia se projetando ao ataque, mas parou na defesa do Leão.

Na segunda etapa, o jogo teve boa movimentação, mas poucas chances de gol | FOTO: AILTON CRUZ

Assim, a partida entre CSA e Sport acabou em 1×0 para o Leão, que voltou em grande estilo para o Nordestão.

CSA – Caíque; Norberto, Alan Costa, Luciano Castán, Rafinha; Yago, Geovane (Jean Kléber), Renatinho (Jarro Pedroso); Gustavo Schutz (Bruno José), Rafael Bilu e Rodrigo Pimpão.

Técnico: Maurício Barbieri.

Sport – Luan Polli; Raul Prata, Adryelson, Cleberson, Sander; Willian Farias, Jean Patrick (Betinho), Lucas Mugni; Elton, Yan (Ewandro) e Leandro Barcia (Alê Santos). 

Técnico: Guto Ferreira.

Arbitragem – O árbitro foi Zandick Gondim Alves Junior (RN), auxiliado por Flávio Gomes Barroca (RN) e George Italo Antas Nogueira (RN).

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar