qual o risco eu tenho de investir 2a trader como vencer nas opções binarias forex trading signal service melhor empresa de opções binárias olymp trade scan investing é melhor operar opções binárias em dólar ou real uma operação dia opçoes binarias o que são operações denominadas day trade qual ação investir swing trader indicador mt4 mμορφέασ para opções binárias estrategia para investir opçoes binarias meta trade opçoes binarias ea opçoes binarias mql4 investimento opções binarias como operar meta trader mobile day trade terra investimento correlação estrategia opçoes binarias
Home Mundo “Plano de paz” de Trump prevê estados para Israel e Palestina

“Plano de paz” de Trump prevê estados para Israel e Palestina

Por Alagoas Brasil Noticias

REPRODUÇÃO/TWITTER

Ao lado do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou, nesta terça-feira (28/01/2020), o que chamaram de “plano de paz” para o Oriente Médio. “Um grande passo para a paz mundial”, disse o norte-americano. “Jovens do Oriente Médio estão prontos para um futuro mais cheio de esperança. A paz transcende a política”, completou, em discurso na Casa Branca.

Entre os principais pontos da proposta, está o plano para adoção de dois estados na região: Israel e Palestina. Os palestinos passariam a ser reconhecidos pelos EUA como um estado soberano com capital em Jerusalém Oriental. Porém, ao mesmo tempo, Trump disse que Jerusalém permaneceria indivisível como capital israelense — ele não explicou como conciliaria as duas propostas.

Na apresentação do plano, Trump também não deu detalhes sobre como o implementará, mas adiantou algumas propostas:

  • Jerusalém permanece como indivisível capital de Israel;
  • Porém, Jerusalém Oriental será considerada capital do Estado Palestino;
  • Dobrar o tamanho do território ocupado pela Palestina;
  • Caso a transição ocorra pacificamente, EUA abrirão embaixada também na capital da Palestina;
  • Garantia de visita de muçulmanos à mesquita sagrada de Al-Aqsa, em Jerusalém; e
  • Injeção de US$ 50 bilhões para a Palestina para gerar 1 milhão de empregos.

Fonte: Metrópoles  

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário