a three dimensional approach to forex trading anna coulling pdf da para ganhar dinheiro realmente em opçoes binarias yahoo é facil ganhar dinheiro com opções binárias como recolher o dartf nas operações de day trade prop trading usa forex opções binarias com bitcoins investimento apn impera trader em qual grafico operar swing trade how much money can you make trading forex truques opções binárias quais contas dá pra operar na a2 trader excel ver opçoes binarias estão abertas opções binarias metatrader 4 como operar day trade a noite configuração para operar day trade curso opçoes binarias em curitiba plataformas de opções binárias que dão dinheiro
Home Municípios Municípios alagoanos recebem hoje repasse extra de R$ 122 mi para a Educação

Municípios alagoanos recebem hoje repasse extra de R$ 122 mi para a Educação

Por Alagoas Brasil Noticias

Valores devem ser aplicados na área da educação | FOTO: SECOM MACEIÓ

Os 102 municípios de Alagoas devem receber, nesta sexta-feira (31), a complementação da União referente a dois resíduos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O Estado também é beneficiado com os repasses, que, somados, ultrapassam R$ 122 milhões.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), os recursos em todo o País chegam ao montante de R$ 4,5 bilhões e serão realizados nas contas do Fundeb de Estados e Municípios do Amazonas, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí, entes federados que, segundo a entidade, têm direito a esses recursos, pois recebem transferências federais do Fundeb a título de complementação.

Maceió, com R$ 8.353.658,42, e Arapiraca com R$ 5.289.237,86 são os municípios que recebem os maiores valores. Na outra ponta, figuram localidades como Feliz Deserto, com repasse de R$ 182.710,60 e Mar Vermelho com R$ 127.613,68. Para o Estado o valor é de R$ 31.200.123,70 e o montante total para Alagoas, somados municípios e estado, chega a R$ 122.126.704,42 e se referem a integralização do Fundeb 2019 e complementação da União para 2020.

A CNM lembra, porém, que esses repasses somente ocorrem no mês de janeiro, em razão de serem agregados o repasse normal para o mês e existir um resíduo do ano anterior a ser repassado. “Isso acontece porque, ao longo de cada ano, a União repassa somente 85% do total do valor dessa complementação. Conforme o artigo 6º da Lei 11.494/2007, os 15% restantes devem ser pagos até o dia 31 de janeiro do ano seguinte”, acrescenta a confederação.

A entidade representativa dos prefeitos ressalta ainda que o resíduo de 2019 apresentou crescimento no valor do repasse. Esse aumento, conforme a CNM, ocorreu por conta do crescimento na arrecadação no ano passado, cuja estimativa desses valores foi publicada no dia 23 de dezembro. Nesse sentido, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, orienta os gestores.

“É preciso que os gestores municipais acompanhem os lançamentos em suas contas para que o planejamento municipal da área da educação não fique prejudicado”, orientou o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Fonte: Gazeta Web


Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário