Alagoas

Familiares e amigos se despedem do ex-deputado e comunicador Jeferson Morais

Político, radialista e jornalista estava internado há um mês devido a um câncer e morreu nessa segunda | Por Victor Lima e Marcos Rodrigues | Gazetaweb.com | 11/02/2020 | 15h54

Corpo de Jeferson Morais foi sepultado por volta de 15h, no Benedito Bentes

FOTO: MARCOS RODRIGUES

 
 

Familiares, amigos, políticos e fãs se despediram do ex-deputado estadual, radialista e jornalista Jeferson Morais, nesta terça-feira (11). O corpo do comunicador foi sepultado por volta das 15h, no Memorial Parque Maceió, no Benedito Bentes. 

Em entrevista à Gazetaweb, um de seus sete filhos, Jeferson Morais Filho, revelou que o sentimento não era apenas de tristeza, por causa de toda a bondade que seu pai sempre carregou. “Ninguém nunca está preparado pra enterrar um ente querido, principalmente um pai ou uma mãe. Mas, para nós, acaba sendo um momento de felicidade também, porque tem muita gente chegando, pessoas anônimas que não têm ligação com a gente e chegam contando coisas importantes que meu pai fez na vida delas”, afirma. 

Para o filho, o legado que fica é do pioneirismo e proximidade que Morais sempre teve com as pessoas mais simples por meio de seu trabalho como comunicador. “Eu acredito que o maior legado do meu pai não foi na política, não, foi na comunicação. Eu acho que está para nascer outro Jeferson Morais, um cara que revolucionou o jornalismo, trouxe o jornalismo policial pra TV e trouxe grandes nomes que estão aí a nível nacional. Pra gente é motivo de orgulho e vamos levar esse legado adiante”, conta. 

Familiares, amigos e populares deram o último adeus à Jeferson Morais

FOTO: VICTOR LIMA

 

Representantes da classe política também aproveitaram o momento para prestar homenagem. O secretário municipal de saúde, José Thomaz Nonô, um dos grandes amigos de Jeferson, destacou a pessoa de Morais. 

“O Jeferson era extraordinário. Profissional de imprensa por excelência, o que ele mais gostava no mundo era o rádio. Um sujeito dedicado a isso. Belo deputado, bom político, e era uma pessoa muito simples, humilde, naturalmente. Tem muita gente que se diz do povo, mas fica um pouquinho mais longe do povo do que o povo imagina e não era o caso dele. A política perdeu um belo quadro, a imprensa perdeu um quadro mais importante ainda, e eu perdi, além disso tudo, um amigo direto”, confidencia. 

Quem também esteve presente foi o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Pereira. “O povo alagoano está em luto com essa despedida repentina. A minha família, Joãozinho Pereira, também teve a oportunidade de legislar com ele aqui na Casa de Tavares Bastos e ter esse relacionamento, tanto do mandato, quanto da família. Ele sempre foi uma pessoa muito prestativa, solícita, e deixa um legado para a família seguir. Não só para a família, mas para os amigos, para que povo alagoano possa se inspirar no trabalho que ele prestou aqui na terra”, defende. 

Além das autoridades e colegas jornalistas, admiradores foram dar o último adeus. Pessoas como a trabalhadora ambulante Cícera Maria Santana, de 62 anos, que hoje começou a trabalhar cedo para poder ir despedir-se do comunicador, como também Cármem Lúcia Silva, de 57 anos, servidores pública da cidade do Pilar. 

Durante a cerimônia, ela conversou com a reportagem da Gazetaweb e revelou uma profunda admiração pelo apresentador e ex-deputado Jeferson Morais. “Eu tinha uma maior amor por ele. Nos momentos mais complicados da minha vida, sempre tive o apoio dele. Para mim ele não morreu. Ele está vivo. Tenho um grande carinho”, expôs Cármem Lucia visivelmente emocionada ao relembrar sobre o carinho do amigo. 

Cármem Lúcia levou junto dela as boas lembranças com o amigo

FOTO: MARCOS RODRIGUES

 
Fonte: Gazeta Web 
 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar