Religião

Papa concede indulgência plenária durante oração nesta sexta-feira

"Queremos responder à pandemia do vírus com a universalidade da oração, da compaixão, da ternura", disse o pontífice | 27/03/2020 | 08h07

Papa concede indulgência plenária durante oração nesta sexta-feira

FOTO: REPRODUÇÃO

Nesta sexta-feira (27) a oração do Santo Padre será concluída com a Bênção Eucarística que será concedida “Urbi et orbi” através dos meios de comunicação.

A todos aqueles que se unirão espiritualmente a este momento de oração através da mídia será concedida a indulgência plenária de acordo com as condições estabelecidas em recente decreto da Penitenciária Apostólica.

A expressão latina “Urbi et Orbi” significa “à cidade [de Roma] e ao mundo”. É uma bênção dada pelo Papa aos fiéis para conceder indulgência plenária, ou seja, o perdão dos pecados e é costume do Pontífice realizá-la em diversos idiomas, demonstrando a universalidade da Igreja.

Para obter a Indulgência plenária, os doentes de coronavírus, os que estão em quarentena, os profissionais de saúde e familiares que se expõem ao risco de contágio para ajudar quem foi afetado pelo Covid-19, também poderão simplesmente recitar o Credo, o Pai-Nosso e uma oração a Maria.

Os outros poderão escolher entre várias opções: visitar o Santíssimo Sacramento ou a adoração eucarística ou ler as Sagradas Escrituras por pelo menos meia hora, ou rezar o Terço, a Via-Sacra ou o Terço da Divina Misericórdia, pedindo Deus, a cessação da epidemia, o alívio para os doentes e a salvação eterna daqueles a quem o Senhor chamou a si.

“Presidirei um momento de oração no átrio da Basílica de São Pedro. Com a Praça vazia. Desde já, convido todos a participarem espiritualmente através dos meios de comunicação. Ouviremos a Palavra de Deus, elevaremos a nossa súplica, adoraremos o Santíssimo Sacramento, com o qual, ao término, darei a Bênção Urbi et Orbi à qual será unida a possibilidade de receber indulgência plenária”, afirmou o Papa.

Assim, o Pontífice também explicou: “Queremos responder à pandemia do vírus com a universalidade da oração, da compaixão, da ternura. Permaneçamos unidos. Façamos com que as pessoas mais sozinhas e em maiores provações sintam a nossa proximidade”

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar