BrasilPoliticaSLIDE

Governadores do Nordeste se dizem indignados e criticam campanha de Bolsonaro: ‘atentado à vida’

Carta aberta assinada pelos nove governadores da região após reunião por teleconferência expressa “profunda indignação” com a comunicação do governo federal contra a quarentena, exige “respeito por parte da Presidência da República” e pede que “cessem, imediatamente, as agressões contra os governadores” | 28|03|2020 ÀS 0020

(Foto: Heudes Regis/SEI/Divulgação).Os nove governadores do Nordeste assinaram nesta sexta-feira 27 uma segunda carta a respeito das medidas de combate à crise de coronavírus. A última havia sido divulgada na quarta-feira 25 e pedia união do país para enfrentar a pandemia (leia aqui).

Desta vez, após uma reunião por teleconferência, os governadores expressaram  “profunda indignação” com a campanha “O Brasil Não Pode Parar”, do governo federal, exigiram “respeito por parte da Presidência da República” e pediram que “cessem, imediatamente, as agressões contra os governadores” por parte de Jair Bolsonaro.

Para eles, a “omissão em padronizar normas nacionais e a insistência em provocar conflitos impedem a unidade em favor da saúde pública”. Assim, “expõe-se a vida da população, além de assumir graves riscos no tocante à responsabilidade política, administrativa e jurídica”, prossegue o texto.

Fonte: Noticias ao Minuto


Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar