BrasilSLIDE

Rejeição ao governo Bolsonaro cresce e 58% dizem ser favoráveis a impeachment

Pesquisa Atlas aponta que 58% também classificam Bolsonaro como ‘ruim ou péssimo’ e identifica descrença em relação a superação da covid-19 | 28|05|2020 ÀS 16:15

FOTO: ISAC NÓBREGA/PR

Conforme o Brasil ia subindo no ranking dos países mais afetados pelo coronavírus até chegar na 2º posição global em número de casos, a aprovação do governo de Jair Bolsonaro também sofreu forte impacto e a adesão ao discurso de impeachment ganhou mais força – ao menos, é o que mostram os resultados da última Pesquisa Atlas, divulgada na quarta-feira 28.

Entre os entrevistados, 58.1% classificam o governo como ruim ou péssimo, um aumento de nove pontos percentuais em relação à última pesquisa do Atlas, feita em abril de 2020. A avaliação de “regular” passou de 28% para 19% e a aprovação, classificada como “ótimo/bom”, manteve-se estável entre 21% e 23% entre um mês e outro.

Já o impechment teve aprovação de 58.4% e oposição de 36.3%. Cerca de 5.3% dos entrevistados preferiram não responder à perguntar. Na série histórica, houve aumento de dez pontos percentuais em 2020 pela aprovação da retirada de Bolsonaro, conforme mostra a figura abaixo.

(FOTO: REPRODUÇÃO/PESQUISA ATLAS)

A Pesquisa Atlas ouviu 2 mil pessoas, pela internet, entre os dias 24 e 26 de maio de 2020. A margem de erro é de dois pontos percentuais – para mais ou para menos.

Fonte: Carta Capital 


Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar