Economia

Mais de 20% dos brasileiros ainda pretendem viajar em 2020, diz pesquisa

2 de junho de 2020 | 08:35 hs | Mesmo assim, 56% dos entrevistados acreditam que há uma alta probabilidade de se infectar ao viajar em 2020

 

    Muitos viajantes tiveram seus planos alterados por causa da pandemia (Foto: Reprodução) 

Apesar da pandemia no Brasil não ter atingindo ainda seu pico e os estados mais turísticos do Nordeste ainda apresentarem números elevados de contaminados e mortes pelo novo coronavírus, e por consequência o trade turístico nacional ter certeza de que as atividades turísticas serão as mais afetadas a as últimas a se recuperarem, notícias boas são sempre muito bem vindas.

E a última notícia boa para o turismo é que um levantamento feito pela Braztoa, que é a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, que reúne as mais diversas empresas de operação, agenciamento de viagens e representação de serviços de turismo, em conjunto com a Universidade de Brasília (UnB) e a Amplia Mundo, plataforma pioneira em soluções para inovação em políticas públicas e negócios de turismo e hospitalidade, revelou mais uma ótima notícia para o turismo nacional. É que 70% dos brasileiros têm intenção de viajar ainda este ano.

A pesquisa é no mínimo interessante e apresenta resultados polêmicos, já que mesmo que 56% dos entrevistados acreditam que há uma alta probabilidade de se infectar ao viajar em 2020, 70% desses mesmos brasileiros têm intenção real de viajar ainda este ano.

Desses, 60% dos viajantes que tiveram seus planos alterados, 56% adiaram e 36% cancelaram suas viagens.

E para 2021, os planos de viagens aumentam (82%), uma vez que 67% dos entrevistados acreditam que a pandemia vai durar até seis meses.

Dos 23% dos entrevistados que fizeram alterações, 51% adiaram e 12% cancelaram.

Os números ainda revelaram que 78% dos viajantes brasileiros se sentem frustrados caso não recebam todas as informações necessárias para se sentirem seguros e 69% se sentem incomodados com eventos inesperados.

Mas o levantamento da Braztoa apresenta outros dados interessantes. É que em 2020 há uma preferência das intenções de viagens para destinos nacionais (60%), com a região Nordeste em primeiro lugar com 21,8%. E esses mesmos viajantes, mais de 80%, desejam flexibilidade e liberdade em suas viagens.

Fonte: Tribuna Hoje 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar