PoliciaSLIDE

PM flagra mais 22 casos de descumprimento ao decreto de emergência em AL

Irregularidades notificadas se deram na Região Metropolitana da Capital / Por Thiago Gomes / 03/06/2020 ÀS 14:22

PMs flagraram mais 22 casos de descumprimento a decreto / Foto: PM

A Polícia Militar (PM) flagrou, nessa terça-feira (2), mais 22 casos de descumprimentos ao Decreto de Situação de Emergência do Governo de Alagoas em enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), nas áreas do Comando de Policiamento da Capital (CPC), que abrangem a Região Metropolitana de Maceió.

O número de casos, no entanto, é inferior ao que foi contabilizado no dia anterior. Na segunda (1º), foram registradas 29 denúncias.

Na Grande Maceió, foram registrados sete flagrantes de funcionamento irregular do ramo de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres; 11 de atividade esportiva e/ou aglomeração em área pública; e mais um de funcionamento irregular de academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares.

Também foram notificados casos de desrespeito na área do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da 5ª Companhia Independente da PM.

Nesta fiscalização da terça-feira, foram mobilizados 703 militares, divididos em 311 viaturas do policiamento ordinário e do Programa Força Tarefa, além das unidades distribuídas pelas demais cidades do Estado. 

A ação da PM contempla policiamento ostensivo, rondas nos pontos comerciais e fiscalização da restrição do transporte rodoviário intermunicipal. Nas rodovias, equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também estão atuando nas barreiras sanitárias instaladas em pontos estratégicos que ligam Alagoas a outros estados.

Em caso de descumprimentos, a população pode denunciar pelos telefones 190 (para flagrante de funcionamento irregular de estabelecimentos comerciais não listados no decreto como serviço essencial) e 181 (para ações que foram divulgadas para ocorrer, como um show).

Fonte: Gazeta Web


Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar