O corpo do garoto João Vitor, 14 anos, continua desaparecido depois que ele tentou fazer a travessia no Rio Cana Brava, em União dos Palmares, no último do domingo. Militares do Corpo de Bombeiros estão fazendo buscas em toda região.

No segundo dia de buscas, os militares fizeram uma varredura partindo do local inicial aonde o adolescente foi visto pela última vez. Os mergulhadores seguiram o Rio Cana Brava até o encontro com o Rio Mundaú.

Seguindo o Rio Mundaú, os Bombeiros desceram até a barragem da antiga Usina Laginha. Enquanto mergulhadores seguiram por dentro da água, militares seguiam com cães do canil do CBM-AL.

Apesar das buscas, o corpo de João Vitor não foi encontrado. As buscas devem ser retomadas nesta terça-feira (16), no início da manhã.

Relembre o primeiro dia de buscas

Era por volta das 11h20 da manhã, quando o Corpo de Bombeiros do 3º GBM, recebeu o chamado para a ocorrência, com a informação de que o adolescente teria sido arrastado pelas correntezas do rio, ao tentar atravessa-lo.

Normalmente o nível de água não ultrapassa 50 centímetros, mas devido as fortes chuvas que assolaram a região na madrugada e manhã deste domingo, o rio havia transbordado.

Testemunhas disseram aos Bombeiros que o adolescente teria tentado atravessar o Cana Brava montado em um cavalo, no momento em que tanto ele quanto o animal foram arrastados.

Uma aeronave foi usada nas buscas, mas não logrou êxito.

Fonte: Cada Minuto