Anadia/AL

19 de setembro de 2021

Anadia/AL, 19 de setembro de 2021

Comunidades quilombolas em Palmeira dos Índios e Anadia recebem verbas do TJAL

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 16 de junho de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
a15a48e66b0cb381593857bfa09c80a2

Antes de serem distribuídos, todos os produtos são higienizados e a entrega é feita por apenas uma pessoa, que vai até as casas, evitando aglomerações / Dicom TJ – AL

Moradores das comunidades quilombolas Tabacaria, em Palmeira dos Índios, e Jaqueira, em Anadia, receberam kits de higiene e cestas básicas nesta terça-feira (16). Os produtos foram adquiridos com a verba destinada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas para que comunidades carentes possam enfrentar a pandemia. Antes de serem distribuídos, todos os produtos são higienizados e a entrega é feita por apenas uma pessoa, que vai até as casas. Quando necessário, um membro da família vai até a sede da associação local buscar a cesta.

O TJAL autorizou a destinação de R$ 63.000,00 para 14 associações que atendem comunidades desassistidas no estado. Os recursos são provenientes de penas de prestações pecuniárias.  Cada comunidade decide em que usar a verba, visando suas necessidades. O Quilombo Tabacaria optou por kits de higiene e limpeza, com álcool e máscaras, e o Quilombo Jaqueira por cestas alimentares. 

A ação foi resultado de parceria entre a Coordenadoria de Direitos Humanos do TJAL e a Rede Mulheres de Comunidades Tradicionais. Elis Lopes, integrante da Rede, coordenou a distribuição. Ela conta que os quilombolas possuem dificuldade em encontrar máscaras para se protegerem. “No interior está em falta e em alguns nem tem onde comprar. Nem existe”, disse. 

No último dia 11, moradores das comunidades quilombolas Filus e Mariana, em Santana do Mundaú, receberam 120 cestas básicas. Os próximos a serem beneficiados são os quilombos Muquém, em União dos Palmares, Gameleiro, em Olho D’Água das Flores, e Poços do Lunga e Mameluco, em Taquarana. Confira aqui a lista completa de comunidades beneficiadas.

Fonte: 7 Segundos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter