Anadia/AL

20 de setembro de 2021

Anadia/AL, 20 de setembro de 2021

“Mundo ainda precisa mudar muito”, diz Luiz Adriano após esposa revelar racismo e ameaças

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de junho de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
dd

Luiz Adriano e Ekaterina Dorozhko se casaram! – Instagram

A morte de George Floyd e seus desdobramentos pelo mundo mexeram com a família de Luiz Adriano. No começo de junho, dias após o assassinato nos Estados Unidos, a modelo russa Ekaterina Dorozhko desabafou sobre racismo e o centroavante do Palmeiras publicou post alusivo ao movimento Black Lives Matter.

Ekaterina Dorozhko Souza escolheu uma foto ao lado do pai de Luiz Adriano, seu sogro, para ilustrar o longo post no Instagram. Com o coração dolorido, a russa de 23 anos escreveu sobre a própria família e revelou conviver com ameaças de viés racista.

“Todos os dias, durante muito tempo, recebo mensagens onde me desejam morte, doença para meus pais, prometem me encontrar, me bater e muitas outras coisas terríveis, porque sou casada com um homem negro. Tenho sorte, pois tenho nervos de aço e parei de prestar atenção”, escreveu.

Luiz Adriano costuma publicar no Instagram fotos com seus três filhos, frutos de um relacionamento anterior, e com Ekaterina. Por meio da mesma rede social, um dia antes do desabafo da esposa, o centroavante do Palmeiras aderiu ao movimento Black Lives Matter.

(Foto: Divulgação/Cesar Greco) 
 
“É difícil falar, porque, para nós, eu e minha família, é inadmissível passar por qualquer tipo de preconceito e é inadmissível qualquer ser humano sofrer isso na pele. O mundo ainda precisa mudar muito e as pessoas precisam aprender que não existem diferenças, sejam elas raciais, de gênero ou classe social. Nada justifica”, disse o jogador à Gazeta Esportiva.
 

Com passagens por Shakhtar Donetsk, Milan e Spartak Moscou, após enfrentar situações de discriminação no futebol europeu, Luiz Adriano valoriza o recente ganho de terreno da luta contra o racismo. “Fico feliz em ver que as pessoas estão falando, sendo mais conscientes e defendendo a causa”, disse o centroavante do Palmeiras.

Fonte: Gazeta Esportiva  

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter