Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Caso Rhuan: Marido traído mandou matar jovem e depois fugiu com a esposa, diz PC

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 7 de julho de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
rhuan2

Rhuan foi assassinado a tiros no centro de Maceió | Foto: Reprodução / GoogleUm relacionamento amoroso com uma mulher casada foi a “sentença” de morte para Rhuan Miguel dos Santos Vieira, de 24 anos, executado no Centro de Maceió em 22 de maio deste ano. De acordo com a Polícia Civil de Alagoas, o marido traído, um homem de 27 anos, planejou o crime durante cerca de 15 dias e, no dia da execução, pilotou a moto que levava o atirador e, de longe, viu os tiros serem deflagrados no rosto de Rhuan.

Segundo o delegado Bruno Emílio, a vítima e a esposa do homem, uma mulher de 24 anos, eram colegas de trabalho e o esposo descobriu o envolvimento após flagrar as trocas de mensagens entre o casal. O executor, um homem também de 24 anos, era amigo do marido traído. Nenhum dos dois tinha registro na ficha criminal até agora.

O delegado informou que, durante o depoimento, o marido isentou a esposa de qualquer participação no crime. Os dois foram presos no Ceará, onde já estavam tirando passaporte para fugir para a Espanha juntos, levando também o filho. Segundo Bruno Emílio, o fato da mulher pedir demissão dias após o crime chamou atenção da polícia.

“O homem foi preso na rodoviária de Fortaleza e a mulher no município de Tauá (CE). Segundo confirmaram os policiais que fizeram as prisões, os dois estavam retirando passaportes e com planos de fuga para a Espanha, onde a mãe dela reside”, concluiu o delegado Bruno Emilio.

O executor do crime foi preso em Maceió no dia 17 de junho passado, já o casal foi detido em 24 de junho. A mulher foi ouvida e liberada. Já os dois autores do crime, o que planejou e o que executou, seguem presos.

O CASO

O crime foi cometido no momento em que a vítima estacionava seu veículo nas proximidades da Santa Casa de Maceió, onde trabalhava, quando foi executado por um homem que empreendeu fuga numa motocicleta que estava na esquina, com um comparsa.

Fonte: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter