Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Caso Naya Rivera: Doze mil pessoas assinam petição por proteção em lago

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 11 de julho de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
DDD
 

Atriz continua desaparecida

FOTO: REPRODUÇÃO / INSTAGRAM E GOOGLE EARTH/GROSBY GROUP

 

Moradores da região do Lago Piru, no Condado de Ventura, onde Naya Rivera teria desaparecido durante passeio de barco, iniciaram protestos por melhorias de segurança no local, considerado perigoso para banho. O reservatório já foi cenário de outros afogamentos por sua difícil visibilidade e quantidade de detritos, além das fortes correntes.

Segundo o TMZ, mais de doze mil pessoas assinaram uma petição exigindo comunicação mais eficaz para nadadores que não sabem da periculosidade das águas do reservatório. Naya Rivera seria a nona vítima do local, que teve seu primeiro afogamento em 1994, incluindo um pai que morreu em 2008 depois de salvar sua filha que havia caído na água. Ele foi capaz de levá-la de volta ao barco antes de cair novamente na água e morrer.

Ainda de acordo com o veículo, a petição diz: “As pessoas pedem há anos para que a cidade coloque sinais de alerta para os nadadores. Os moradores do condado de Ventura não vão ao lago Piru por este motivo! Os turistas não têm idéia de onde estão entrando. O lago Piru precisa de placas. Estamos cansados ??de esperar. Precisamos de justiça para todos aqueles que se perderam no lago Piru. Coloque as placas”.

Os moradores da região, em protesto, ainda alegaram que o lago Piru não possui fiscalização e salva-vidas, e que os nadadores acabam fazendo “uma atividade recreativa perigosa, e o fazem por seu próprio risco”.

Fonte: Gazeta Web 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter