Home Mundo Governo português suspende quarentena perto de Lisboa, mas exige teste de Covid-19 em viajantes

Governo português suspende quarentena perto de Lisboa, mas exige teste de Covid-19 em viajantes

Por Cleysson Carlos

O governo português anunciou nesta quinta-feira (30) a suspensão da quarentena em 19 bairros ao norte de Lisboa e redondezas. A medida foi tomada diante da queda no número de novos casos de Covid-19 na região. No entanto, as autoridades decidiram exigir testes dos viajantes vindos de países considerados de risco.

Desde 1° de julho, 18 bairro próximos de Lisboa e um no norte da capital haviam sido colocados em quarentena total por causa do aumento súbito de novos focos de contaminação.

A medida confinou em suas casas cerca de 700 mil habitantes, que podiam deixar seus domicílios apenas para atividades indispensáveis, como ir ao trabalho ou fazer compras essenciais. Quem não respeitasse a regra, poderia ser multado.

A partir de agora os moradores da região podem sair de casa sem ter que se justificar. Os bairros passam de “estado de calamidade” para “estado de contingência”, e o número de pessoas que podem se reunir nas ruas passou de 5 para 10 – enquanto no restante do país, o limite é de 20 pessoas.

Segundo a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a decisão foi tomada diante da “evolução positiva que se tem verificado no último mês”. Ela anunciou uma queda de 30% no número de novos casos de Covid-19 na região que cerca Lisboa.

Mas medidas restritivas continuam em vigor em todo o país. Os estabelecimentos comerciais fecham às 20h, os supermercados às 22h e a venda de álcool depois das 20h, assim como o consumo de bebidas alcoólicas na via pública permanecem proibidos.

Discotecas sem pista de dança

O governo também propõe a reabertura de todas as discotecas e bares noturnos do país. Mas, para isso, esses estabelecimentos teriam que “funcionar apenas como cafés”, mantendo suas pistas de dança fechadas.

Outra mudança anunciada pelo governo é a obrigação, para os viajantes vindos de países “considerados de risco”, fora do espaço Schengen, de apresentar um teste de Covid-19 negativo quando entram em Portugal. O exame deve ter sido realizado nas 72 horas que precedem a viagem.

Segundo um balanço oficial publicado nesta quinta-feira, Portugal registrou duas mortes e 255 novos casos confirmados de Covid-19 em 24 horas. O país contabiliza 1.727 mortos e mais de 50 mil pessoas contaminadas.

Fonte: G1 Mundo

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário