Home NotíciasPolicia VÍDEO: Presos da Operação Flashback são transferidos ao Presídio do Agreste

VÍDEO: Presos da Operação Flashback são transferidos ao Presídio do Agreste

Por Alagoas Brasil Noticias

Presos da Operação Flashback são transferidos ao Presídio do Agreste | Foto: AssessoriaAo todo, 13 presos da Operação Flashback foram conduzidos para o Presídio do Agreste, município de Girau do Ponciano, neste sábado (1º). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Secretaria de estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris). 

Em comboio operacional, 40 policiais penais, juntamente com o apoio do Grupamento Aéreo da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), trabalharam na condução dos presidiários. 

As mulheres, por sua vez, continuarão no Presídio Feminino Santa Luzia. Elas estão isoladas das outras detentas e passam por outras restrições.

A assessoria de comunicação informou que, em breve, enviará uma nota com todos os detalhes sobre a operação de transferência realizada na manhã de hoje. 

Presos da Operação Flashback são transferidos

Cortesia

Entenda o caso

A Operação Nacional Flashback II já prendeu 34 pessoas envolvidas com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), em Alagoas. 

Segundo informações dos órgãos, 39 mulheres que fazem parte do tribunal do crime foram alvos da operação em todo o Brasil. Do total, 31% já estavam presos nos sistemas prisionais.

Apelidos de faccionados revelam características dos criminosos: “sem simpatia, revoltada, maldosa e valentina”. Estes são alguns do apelidos das “damas do crime”, mulheres que receberam esse título da polícia, tendo em vista a função de liderança que exerciam na organização criminosa. Em áudios divulgados pelas forças da Segurança, elas narram as ações criminosas e tratam os “rivais” como “lixo”.

Os homens também são chamados por apelidos na facção criminosa. Os presos na operação Flashback II atendem pelas alcunhas de “criticado, predileto, baratinha, jacaré, playboy e favelado”.

Ao todo, Treze homens e cinco mulheres foram presos na última terça-feira (29), durante a operação policial.

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário