Saúde

Samu Alagoas orienta sobre o que fazer em caso de engasgo

Ascom Samu | 15/09/20 | 19:45 hs *

 
Foto: TNH1 
 

Os relatos são quase sempre os mesmos: Uma família reunida à mesa, fazendo uma refeição e, de repente, alguém começa a apresentar uma dificuldade para respirar. Esse pode ser um dos primeiros sinais de que um engasgo está acontecendo. Caso a suspeita se confirme e, sozinha, a vítima não consiga se desengasgar, o que fazer então? A primeira medida é acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), através do número 192.

A orientação é do médico socorrista Carlos Adriano Silva, uma vez que os médicos plantonistas do Samu estarão preparados para orientar o solicitante a como proceder para resolver o engasgo, que nos primeiros oito meses deste ano foi o responsável por 70 ocorrências no Samu Alagoas. “Caso a pessoa não consiga se desengasgar sozinha, é necessário que as pessoas liguem imediatamente para o número 192. Ao ouvir o relato do caso, iremos enumerar as manobras que devem ser feitas para reverter o quadro”, ressalta.

O médico do Samu Alagoas explica que o engasgo acontece por um problema na epiglote, quando um alimento, líquido ou algum corpo estranho bloqueia a passagem de ar. De acordo com o Carlos Adriano da Silva, existem alguns sinais que a vítima apresenta e qualquer pessoa que esteja próxima pode facilmente perceber que se trata de um engasgo.

“Os casos mais comuns de engasgo acontecem durante as refeições, em geral pela ingestão de pedaços muito grandes de comida. Para identificar um engasgo, basta olhar para a vítima e perceber que ela apresenta uma dificuldade para respirar, elevando as mãos até o pescoço”, indicou Carlos Adriano Silva.

Técnicas – O médico salienta que, ao perceber os sinais do engasgo, e que a situação não se normaliza, acionar o Samu é a decisão mais acerta. Isso porque, dependendo da gravidade da situação, será liberada uma equipe, acompanhada de uma ambulância, para fazer o socorro, enquanto o médico regulador orienta como as manobras de desengasgo devem ser feitas.

“A técnica que será orientada pelo telefone vai depender da idade da vítima. Em adultos e crianças, a orientação sempre é fazer a manobra de Heimlich, que consiste em abraçar a pessoa engasgada por trás e, com o punho fechado, fazer uma pressão de baixo para cima, na altura do estômago. Esse movimento irá expulsar o alimento ou objeto que estava impedindo a passagem de ar”, enumera Carlos Adriano da Silva.

A outra manobra orientada pelos profissionais do Samu Alagoas são para bebês, que geralmente se engasgam com o leite materno. “Nesses casos, o que indicamos é repousar o peito da criança sobre um braço, levemente inclinado para baixo, apoiando a cabeça do bebê. Com a outra mão, é necessário dar alguns tapinhas leves nas costas e entre os ombros do bebê, até que a obstrução seja desfeita”, esclarece o médico.

Carlos Adriano Silva ainda ressalta que essas técnicas de desengasgo devem ser feitas de maneira rápida e eficiente, pois a falta de oxigenação pode levar a morte do paciente ou deixar sequelas graves. O Samu Alagoas funciona durante os sete dias da semana, 24 horas por dia, e suas ambulâncias, motolâncias e o serviço aeromédico, podem ser acionados pelo número 192.

Fonte: TNH1 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar