Home Municípios Com ônibus escolares parados, Prefeitura de Traipu gasta mais de R$ 2,5 milhões em combustível

Com ônibus escolares parados, Prefeitura de Traipu gasta mais de R$ 2,5 milhões em combustível

Por Alagoas Brasil Noticias

Traipu – Coluna Labafero –  20/10/20 às  15:15

De janeiro a setembro deste ano, a Prefeitura de Traipu gastou mais de R$ 2,5 milhões em combustível, mesmo sem utilizar os ônibus escolares por causa da pandemia  do novo coronavírus. A gestão do prefeito Silvino Cavalcante conseguiu gastar quase R$ 400 mil a mais do que no ano passado, quando tudo funcionava normalmente.

O gasto abusivo com combustíveis está exposto no Portal da Transparência e chamou atenção da população. Isso porque o maior consumo de combustível na Prefeitura é com o translado de estudantes, que estão sem aulas desse março por conta dos decretos editados pelo Governo de Alagoas, que determinaram que as atividades fossem suspensas pelo risco de contaminação.

Em todo o ano, houve aula apenas no mês de fevereiro. Mesmo sem aulas, nos meses seguintes o gasto com combustível continuou aumentando. No total, foram pagos R$ 2.505.183,86 para o fornecedor Autopel – Auto Posto Progresso LTDA, contratado pela prefeitura. Em 2019, esse valor foi de R$ 2.135.588,24.

Para se ter uma ideia do gasto abusivo, com a gasolina a R$ 4,90, daria para comprar mais de 510 mil litros de gasolina com o valor gasto por Silvino Cavalcante neste ano. Utilizando um carro popular, seria possível dar 178 voltas na Terra. 

O detalhe é que ainda há um empenho de R$ 315.044,45 realizado para o mês de outubro, que ainda não fechou. Ainda assim, esse valor é  superior ao pago em 2019. Ou seja, há mais uma previsão de alta em relação ao ano anterior, mesmo durante o período da pandemia.

A reportagem tenta contato com a assessoria da Prefeitura de Traipu.

Fonte: Cada Minuto

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário