Home NotíciasEsportes Fora de casa, CRB perde invencibilidade contra o Figueirense: 2 a 0

Fora de casa, CRB perde invencibilidade contra o Figueirense: 2 a 0

Por Alagoas Brasil Noticias

Galo perde invencibilidade de três anos contra o Figueira e acumula mais uma derrota na Série B – Por Daniel de Oliveira  – FOTO: PATRICK FLORIANI/FFC

No sétimo jogo entre Figueirense e CRB, quem se deu melhor foi  a equipe catarinense. Com a vitória por 2 a 0, no Orlando Scarpelli, o Alvinegro derrubou a invencibilidade regatiana de três anos. O Figueira, além de vencer novamente – o que não acontecia desde outubro de 2017 -, fica à frente no histórico do confronto. A partida desta quarta-feira (21) foi válida pela 17ª rodada da Série B. Os gols do Figueira foram anotados por Alecsandro e Paulo Ricardo.

Com este resultado, a equipe regatiana cai para a 10ª posição, com os mesmos 23 pontos. Já o Figueira, com 18 pontos, saiu da zona de rebaixamento e, temporariamente, ocupa a 16ª colocação.

Os rivais desta rodada irão atuar como mandantes na próxima jornada da Série B. O Galo retorna a Maceió e recebe a Ponte Preta, no Rei Pelé, às 16h do próximo sábado (24). Um dia depois, no domingo (25), o time alvinegro recebe o Juventude, em mais uma rodada no Orlando Scarpelli. A bola rola às 18h15 em Florianópolis.
 
Primeiro tempo
 
O CRB iniciou melhor na partida, apertando a saída de bola do Figueirense, mas com os jogadores ofensivos demorando para soltar a pelota. Foi o Galo que chegou mais perto do gol, na bola parada. Em uma cobrança de escanteio, aos 7 minutos, Diego Torres mandou a redonda na primeira trave, Reginaldo desviou para trás, mas a defesa chegou antes e afastou o perigo
 
No segundo terço da etapa inicial, o Figueira equiparou as ações ofensivas no jogo. O ala Victor Oliveira subiu para o ataque, recebeu com liberdade e, de longe, efetuou a primeira finalização do jogo aos 15 minutos. A bola não tomou o caminho do gol e saiu em tiro de meta.
 
O Galo seguiu insistindo pelas pontas e, aos 21, Bill chegou à linha de fundo, gingou, tirou a marcação e rolou para Diego Torres, mas o camisa 10 do Regatas furou e não conseguiu mandar para o gol. Aos 24, o time regatiano chegou novamente. Desta vez, em uma subida em bloco para o ataque, Pablo Dyego carregou até a área e chutou. A pelota saiu por cima da meta do time alvinegro.
 
Mesmo com o CRB povoando mais a zona ofensiva, foi o Figueira que abriu o placar. Em cobrança de falta, Marcinho levantou na área e Alecsandro, ex-CSA, subiu entre cinco jogadores regatianos e marcou de cabeça aos 28 minutos: Figueirense 1×0 CRB.
 

O Galo atacou mais no primeiro tempo, mas o Figueira foi letal e abriu o placar – FOTO: PATRICK FLORIANI/FFC

Logo após, o Galo tentou não se abater com o gol sofrido e se lançou ao ataque. Aos 30, Reginaldo recebeu dentro da área no lado direito e arriscou com efeito. A bola passou raspando a trave de Sidão. O Regatas seguiu no campo ofensivo, mas não conseguiu concluir nenhuma jogada para o gol.
O que estava ruim ficou mais complicado. Aos 40 minutos, Hugo tentou proteger a bola no lado esquerdo da defesa, o atacante contrário Nicholas roubou, o lateral do Galo agarrou o avançado alvinegro e tomou seu segundo cartão amarelo na partida. O árbitro adicionou mais três minutos e o Regatas chegou ao final da etapa inicial com menos um jogador e atrás no marcador: Figueirense 1×0 CRB. 
 
Segundo tempo
 
Assim como no primeiro tempo, o Galo iniciou a etapa final partindo para o ataque. Porém, com a desvantagem no placar, o time regatiano tentou aplicar mais intensidade. Mesmo com a bola e com o domínio das ações ofensivas, o Regatas chegou perto, mas não conseguiu concluir e oferecer perigo à meta do Figueira.
 
Após 12 minutos sofrendo pressão do time alvirrubro, o Figueirense adiantou um pouco as suas linhas e conseguiu ficar com a bola. Assim, o time catarinense amenizou mais a partida e até chegou em jogadas pontuais ao ataque, mas não finalizou para o gol.
 

O Regatas se lançou ao ataque no início da etapa complementar, mas o time alvinegro amenizou a partida e saiu vitorioso – FOTO: PATRICK FLORIANI/FFC

O Galo até chegou a empurrar novamente o Figueira para a defesa em um período do segundo terço da etapa complementar, quando chegou em bolas paradas, mas não ofereceu perigo à equipe catarinense. Aos 28, o Regatas saiu jogando errado e Matheus Neris aproveitou para finalizar na frente da área contra a meta de Victor Souza e a pelota saiu perigosamente pela esquerda.
Aos 29, o Regatas chegou assustando pela primeira vez. Alisson Safira recebeu dentro da área, dominou e ficou no um contra um com Sidão, que fez uma grande defesa na finalização do avançado regatiano. Diego Gonçalves, aos 33, respondeu para o Figueira. O atacante dominou e chutou bonito, mas a bola passa tirando tinta da trave.
 
O time catarinense deu números finais aos 42 minutos. Diego Gonçalves fez bonita jogada e ajeitou para Paulo Ricardo, que chutou de chapa e guardou o segundo gol do Alvinegro. O jogo prosseguiu até os 50 minutos e não deu para o Galo. Final da etapa complementar: Figueirense 2×0 CRB.
 
Figueirense – Sidão; Pereira, Alemão e Victor Oliveira; Lucas Carvalho, Geovane (Matheus Neris), Patrick (Everton Santos), Marquinho (Keké) e Brunetti; Nicholas (Diego Gonçalves) e Alecsandro (Paulo Ricardo). Técnico: Elano.
 
CRB – Victor Souza; Reginaldo, Gum (Xandão), Reginaldo Júnior e Hugo; Claudinei (Carlos Jatobá), Moacir (Ramon Tanque) e Diego Torres; Pablo Dyego, Alisson Safira e Bill (Lucas Mendes). Técnico: Marcelo Cabo.
 
Árbitro – Fábio Augusto Santos Sá Júnior (SE).
 
Assistentes – Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Vanessa Santos Azevedo (SE).

Fonte: Gazeta Web



Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário