Home NotíciasPolicia Roubos de motocicletas caem 40% de janeiro a setembro em Alagoas

Roubos de motocicletas caem 40% de janeiro a setembro em Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Segurança Pública também registrou diminuição em roubos de veículos e de pedestres – Assessoria – Foto: 7 Segundos

Os crimes de roubo de veículos, de motocicleta e a transeuntes apresentaram quedas significativas entre janeiro e setembro deste ano em todo o estado, segundo dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (NEAC) da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Sendo um dos crimes que mais amedronta os proprietários de veículos, os roubos de automóveis caíram 25%, se compararmos os dados de janeiro a setembro de 2019 com o mesmo período de 2020. Até o momento, foram contabilizados 258 roubos em todo o estado, já no ano passado até setembro foram contabilizados 344 roubos.

Dentre os dados apresentados, o que aponta maior redução é o roubo de motocicletas, que caiu 40%. Para efeitos de comparação, de janeiro a setembro de 2020, o Neac contabilizou 816 ocorrências, já no mesmo período do ano passado, 1366 motos foram roubadas em Alagoas.

Ainda de acordo com o Núcleo de Estatística, de janeiro a setembro de 2019, foram registrados 6562 roubos a transeunte e no mesmo período deste ano, 4338 ocorrências foram contabilizadas, o que apontam para uma queda de 34%.

A receita para alcançar esses números e essa redução, é o forte trabalho de integração entre as forças da Segurança, garantindo maior efetividade e resultados nas ações, como garante o secretário da pasta, Lima Júnior.

“A política de integração das forças de Segurança é o ponto chave que garante o sucesso da redução da criminalidade em nosso estado, assim como o forte investimento realizado pelo Governo de Alagoas, elevando a qualidade do nosso trabalho e assim, levando mais segurança para os alagoanos, que agora, passam a sentir mais seguros ao utilizar seu próprio carro, moto ou até mesmo circular a pé pelas cidades”, disse o secretário.

Fonte: Diário Arapiraca


Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário