Home Brasil Professores de escolas particulares do Rio suspendem greve Paralisação na rede privada já durava 112 dias

Professores de escolas particulares do Rio suspendem greve Paralisação na rede privada já durava 112 dias

Por Alagoas Brasil Noticias
As aulas das escolas particulares só foram retomadas no início de outubroImagem: Divulgação/Sindicato das escolas particulares de Manaus

Os professores de escolas particulares das cidades do Rio de Janeiro, Itaguaí, Paracambi e Seropédica, no Grande Rio, decidiram suspender sua greve a partir de quarta-feira (28). Os profissionais estavam em greve desde 4 de julho para pressionar as escolas particulares a não retomarem as aulas presenciais em meio à pandemia de covid-19.

As aulas das escolas particulares só foram retomadas no início de outubro, depois de autorização do governo do estado e liberação pela Justiça do Rio.

A decisão de suspender a greve, que durava 112 dias, foi tomada em assembleia ontem (24) do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro-Rio). A assembleia decidiu decretar estado de greve e alerta sanitário “em defesa da saúde física e psicológica” dos professores.

Desde o retorno das aulas presenciais, o Sinpro já recebeu denúncias de descumprimento de normas de segurança e protocolos de segurança por cerca de 30 escolas. As denúncias serão encaminhadas à Secretaria Estadual de Saúde do Rio.

Fonte: Tribuna Hoje 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário