Anadia/AL

19 de setembro de 2021

Anadia/AL, 19 de setembro de 2021

No teatro de horrores do governo, o dólar dispara com medo do Brasil

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 1 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
money

Por Roberto Vilanova – Foto: Divulgação – Publicada em 17:12

Descobriram outro jabuti, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, queria colocar em cima da árvores, e ele novamente foi obrigado a recuar, mas, sem antes, envolver na trama o presidente Jair Bolsonaro.

Acredite se quiser, mas Guedes propôs privatizar o SUS.

Chega a ser hilário vê o presidente fazendo o papel no teatro de mamulengo dirigido pelo ministro da Economia, que não tem nenhum projeto para o país, exceto o de repetir os erros cometidos no Chile.

Não por coincidência, Guedes fez parte do grupo de economistas conhecidos com Chicago Boys,  que levou o Chile à ruína. Os chilenos foram levados à miséria com as reforms trabalhistas e previdenciária, que Guedes quer implantar no Brasil.

Novamente, o ministro voltou a falar na nova CPMF, agora para sobretaxar as transações comerciais on-lines. Embora dissesse que o assunto  ”está morto”, ele defende que a desoneração da folha de pagamento das empresas está condicionada à ressurreição da nova CPMF – que, sendo assim, não está de todo morta na cabeça do ministro.

Enquanto isso, o presidente Bolsonaro tenta enganar os incautos e desviar a atenção da nação para a verdadeira bagunça em que se transformou o seu governo. Na visita ao Maranhão, Bolsonaro fez chacotas com os gays.

Em meio a esse circo de horrores, os especuladores com dólares agradecem as trapalhadas do governo brasileiro e a cotação dispara, com o dólar-turismo sendo vendido a  6 reais e 10 centavos e o dólar comercial a 5 reais e 78 centavos.

Fonte: Blog do Bob



Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter