Anadia/AL

27 de setembro de 2021

Anadia/AL, 27 de setembro de 2021

Cuiabá segura 0 a 0 e elimina o Botafogo na Copa do Brasil

Por Cleysson Carlos

Em 4 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
gy

Foto: Reprodução

Depois de vencer no Rio de Janeiro, o Cuiabá foi disciplinado e conseguiu segurar um empate sem gols contra o Botafogo, na Arena Pantanal, para chegar nas quartas de final da Copa do Brasil. 

Pela primeira vez na história, um time de Mato Grosso alcança as quartas de final da Copa do Brasil! O adversário do Dourado vai ser definido em sorteio. 

Botafogo tenta pressionar

O Botafogo foi muito mais ativo do que no jogo do Rio de Janeiro. Logo aos três minutos, Bruno Nazário buscou arremate e ameaçou João Carlos pela primeira vez. 

Com Kelvin e Warley nas pontas, o Alvinegro conseguiu ter velocidade no ataque. Os pontas ainda contavam com as aproximações de Nazário, Caio Alexandre e Honda, e tinham a opção de Matheus Babi centralizado. 

Bruno Nazário foi quem mais arriscou arremates. Nos primeiros 20 minutos de jogo, o meia tentou três chutes de fora da área, mas sem conseguir vencer João Carlos. 

O Cuiabá foi, aos poucos, fechando melhor os espaços na entrada da área. Sem capacidade de avançar mais que isso, o Glorioso deixou de assustar. 

O Dourado, então, conseguiu um grande contra-ataque já aos 41 minutos. Willians Santana recebeu nas costas da defesa e abriu com Maxwell, que bateu no cantinho. Diego Cavalieri fez belíssima defesa. 

Dourado se segura

O jogo foi levado inteiramente para o campo de defesa do Cuiabá na segunda etapa. O Botafogo se adiantou e foi com tudo em busca do resultado, já que o empate não interessava nada. 

Os donos da casa conseguiam segurar a pressão com muitos homens atrás da linha da bola. Sem conseguir abrir o jogo, os cariocas centralizavam as jogadas, mas batiam em uma porta fechada. 

Com a entrada de Pedro Raul, o Alvinegro tinha duas torres na área para apostar em cruzamentos. Aos 24, Kevin mandou para Pedro Raul, que completou de cabeça e João Carlos espalmou. Aos 29, Pedro Raul mandou outra cabeçada perigosa, dessa vez perto da trave. 

A pressão foi ficando cada vez maior. Aos 34, Guilherme Santos tentou chute na área e a bola sobrou com Pedro Raul, que acertou o travessão. 

Nos minutos finais, Forster entrou no lugar de Victor Luiz e fez a zaga com Kanu, enquanto Marcelo Benevenuto se juntou a Babi e Pedro Raul no ataque. Como o esperado, foram muitas bolas alçadas na área, e João Carlos fez defesaça em cabeçada de Guilherme aos 49. O Cuiabá segurou o 0 a 0 com muita disciplina para garantir uma classificação histórica! 

Fonte: Ogol

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter